Pelo menos quatro ônibus são incendiados durante protesto em São Paulo

Outros três veículos foram depredados pelos manifestantes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 24/01/2014 07:47

Agência Brasil

Os alagamentos provocados pela chuva em São Paulo geraram protestos em vários pontos da região do Campo Limpo, na zona sul, e também em Itaquera, na zona leste, na noite dessa quinta-feira. Moradores depredaram e colocaram fogo em pelo menos quatro ônibus, segundo a Polícia Militar (PM). Não houve feridos e ninguém foi detido.

Nas proximidades do Córrego Pirajussara, que transbordou ontem pelo segundo dia consecutivo, pelo menos três ônibus foram alvos da revolta. De acordo com a PM, os moradores colocaram fogo em dois coletivos: um na Rua Terra Portucalense, por volta das 22h, e um na Avenida Comendador Santana, às 18h. Eles também depredaram o terceiro veículo na Rua Bernardino Gomes de Brito, às 23h.

Em Itaquera, zona leste, o protesto contra as enchentes, que também atingiram a região, terminou com o quarto ônibus depredado e incendiado. A ocorrência foi na Rua Damásio Pinto.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências, ontem, quase toda a cidade permaneceu em estado de atenção durante a chuva. Na zona sul, a principal área afetada, os córregos da região de Cidade Ademar, Campo Limpo e M'Boi chegaram a transbordar.