Protesto em Porto Alegre reúne 1,5 mil pessoas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 23/01/2014 23:07

Agência Estado

Porto Alegre, 23 - Liderados pelo Bloco de Lutas pelo Transporte Público, cerca de 1,5 mil manifestantes foram as ruas de Porto Alegre gritar palavras de desafio às autoridades na noite desta quinta-feira, 23. "Não vai ter Copa" foi o refrão mais ouvido durante a passeata que saiu da Praça Montevidéu, diante da prefeitura, e percorreu ruas e avenidas como a Júlio de Castilhos, Conceição, Sarmento Leite, Osvaldo Aranha, João Pessoa, Salgado Filho e Borges de Medeiros, na região central da cidade.

No caminho, destacamentos de mascarados picharam grades, muros e fachadas de prédios, incendiaram três contêineres de lixo e quebraram vidraças de duas lojas comerciais. Também cercaram jornalistas, tentaram e, em alguns casos, furtaram blocos de anotações, alegando que tal ato daria segurança aos manifestantes.

Além das palavras contra a Copa do Mundo, os manifestantes ameaçaram parar a cidade se a tarifa do transporte coletivo, de R$ 2,80, for reajustada. Esta é a época do ano em que as transportadoras de passageiros negociam o aumento dos rodoviários e apresentam a planilha de custos ao Conselho Municipal de Transportes para pedir novas tarifas. Por volta das 22h, o grupo começou a se dispersar.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.