20°/ 27°
Belo Horizonte,
21/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Entorno do Mercadão de São Paulo terá R$ 6 mi da União para reforma Iniciativa privada bancará a construção de uma garagem subterrânea em troca da exploração comercial

Agência Estado

Publicação: 20/01/2014 13:49 Atualização: 20/01/2014 14:51

O prefeito Fernando Haddad (PT) disse nesta segunda-feira, 20, que o Ministério do Turismo repassará R$ 6 milhões para a Prefeitura de São Paulo reformar o entorno do Mercado Municipal, no centro da capital paulista. Serão recuperados itens como a iluminação pública e as calçadas.

"Vamos apresentar o projeto para eles nas próximas semanas e eles vão participar da elaboração do projeto, porque eles sabem qual é o maior retorno de investimento que eles teriam. Para nós o Mercado é muito importante. A última reforma foi na gestão da Marta. De lá para cá, não houve uma reforma e agora nós temos esses dois projetos, que vão melhorar muito", afirmou Haddad em visita ao Mercadão.

Além disso, a administração do petista está em tratativas com o Tribunal de Contas do Município (TCM) para que uma licitação possa ser publicada para a construção de uma garagem subterrânea vizinha ao Mercadão, um projeto que começou a ser tocado pela gestão do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD).

Haddad disse que faz um "apelo" ao tribunal para que o projeto, uma "prioridade" para revitalizar a área, possa seguir em frente. Segundo ele, o aguardo para a liberação da licitação no TCM já é de oito meses.

"O setor privado quer fazer a garagem em troca da exploração comercial. Então, nós não teríamos que colocar um centavo da Prefeitura, porque o fluxo de carros aqui é tão intenso que a exploração comercial banca a construção da garagem subterrânea."

A garagem, ele acredita, pode começar a ser construída ainda em 2014. Ela estará pronta em dois anos. Além do entorno do Mercadão, a Prefeitura quer garagens subterrâneas na vizinhança do Teatro Municipal e sob a Praça Roosevelt, também no centro da cidade.

Haddad disse ainda que a Prefeitura está em tratativas para viabilizar a construção de uma unidade do Serviço Social do Comércio (Sesc) no terreno antes ocupado pelos prédios São Vito e Mercúrio, que estavam degradados antes de serem demolidos no governo Kassab. No espaço hoje funciona um estacionamento.

"Como abrimos espaço na Feira da Madrugada para estacionamento, podemos liberar essa área", disse Haddad.

Secretariado


O prefeito também falou a respeito da reforma que está fazendo em seu secretariado. De acordo com ele, as mudanças devem ser concluídas até o mês que vem. "Eu comecei a reforma em janeiro, mas não tenho pressa de concluir. Eu desejaria concluir antes do carnaval todas as mudanças. Acho importante, se possível ainda em janeiro."
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.