Menino perde a visão depois de demora no atendimento em hospital de Brasília

Uma criança de 4 anos ficou cega do olho esquerdo enquanto aguarda a realização de uma ressonância magnética no Hospital de Base

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 14/01/2014 13:40

Agência Brasil

Um suposto erro de avaliação médica na rede pública de saúde do Distrito Federal custou a visão de uma criança de 4 anos, no Sol Nascente. O menino Cauã, com dores de cabeça e em um dos olhos, aguarda há um mês o diagnóstico da doença que o deixou cego do olho esquerdo.

A suspeita dos médicos é que ele tenha sofrido um descolamento da retina ou que esteja com retinoblastoma, um tumor maligno que se desenvolve na retina e pode causar a retirada do globo ocular.

Para receber o diagnóstico correto, Cauã precisa fazer uma ressonância magnética, mas a máquina que realiza o exame no Hospital de Base está quebrada. O procedimento num hospital particular custa, em média, R$ 3 mil e a mãe do menino, que está desempregada, não tem condições de custear o exame.

À reportagem, a Secretaria de Saúde informou que a máquina passou por manutenção, mas que o problema já foi resolvido. A data para o exame de Cauã, no entanto, ainda não foi definida.