Menores do sul fluminense irão para centro de socioeducação em Volta Redonda

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 04/01/2014 16:37

Agência Brasil

O Centro de Socioeducação (Cense) Irmã Assunción de La Gándara Ustara, em Volta Redonda, será a unidade do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Novo Degase) que abrigará os adolescentes do sexo masculino da região, internados ou sob internação provisória. O aviso foi assinado pela presidenta do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Leila Mariano, e publicado na edição do Diário da Justiça Eletrônico.

Inaugurado no último dia 13 de dezembro, o Cense Irmã Assunción de La Gándara Ustara tem capacidade para abrigar 90 jovens, procedentes de 25 municípios do sul do estado e da região do Médio Paraíba. Construído pela Empresa de Obras Públicas (Emop), da Secretaria Estadual de Obras, o novo Cense possui área de 5 mil metros quadrados e destina-se à internação, internação provisória e acautelamento exclusivo de adolescentes do sexo masculino, com idades entre 12 e 18 anos.

A medida permite que esses menores não tenham que ser deslocados para o Rio de Janeiro e permaneçam mais próximos de suas famílias. Essa é a segunda unidade do Novo Degase instalada no interior do estado do Rio de Janeiro. A primeira foi inaugurada em Campos dos Goytacazes, em maio de 2013. O Centro de Socialização Professora Marlene Henrique Alves atende a 25 municípios das regiões norte e noroeste fluminense e tem capacidade para alojar 80 menores infratores.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.