18°/ 30°
Belo Horizonte,
23/ABR/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Operação Lapa Presente, no RJ, prende 35 pessoas Todos os presos foram detidos por porte de entorpecentes. Duas pessoas eram foragidas da Justiça

Agência Estado

Publicação: 02/01/2014 11:54 Atualização:

Iniciada na noite de quarta-feira, 1, para reduzir a violência na região boêmia do centro do Rio de Janeiro, a Operação Lapa Presente teve 35 presos, informou, nesta quinta-feira, 2, o governo, por meio de nota. Todos os presos foram detidos por porte de entorpecentes. Duas pessoas eram foragidas da Justiça.

Os agentes recolheram 26 moradores de rua, um deles menor de idade. A Operação Lapa Presente foi criada no início de dezembro após três pessoas terem sido mortas na região em menos de uma semana. No dia 6 de dezembro, comerciantes e donos de bares da Lapa se reuniram com o governador Sérgio Cabral (PMDB), que anunciou o início da operação no primeiro dia de 2014.

Segundo a Secretaria de Governo do Estado, duas motocicletas foram apreendidas e os condutores se recusaram a fazer o teste do bafômetro. O escritório móvel montado em uma van atendeu 12 pessoas. Foram feitas ainda 18 ligações para o Disque Lapa Presente (telefones 21-97954-2424 e 97954-2525), que oferece anonimato aos denunciantes.

A operação será realizada todos os dias, das 21h30 às 5h30, com 123 agentes atuando para coibir roubos, uso e venda de drogas e no ordenamento urbano. As ações envolvem o trabalho da Polícia Militar, Guarda Municipal, de secretarias municipais de Ordem Pública, Assistência Social, Conservação e Transportes, além da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) e do Conselho Tutelar.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.