19°/ 29°
Belo Horizonte,
20/ABR/2014
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Com doença ocular, aposentado quer reencontrar filhos antes de ficar cego
  • Notícia

Raphael Guerra - Diario de Pernambuco

Publicação: 16/12/2013 07:50 Atualização: 16/12/2013 08:14


Quando abriu os olhos, nas primeiras horas de uma manhã de domingo, o aposentado Valdeci dos Santos, 64 anos, percebeu que algo de estranho acontecia com sua visão. As imagens lhe pareciam embaçadas. E foi assim durante todo o dia. Teimoso, demorou semanas para procurar um especialista. Foi quando descobriu que estava com catarata e poderia perder a visão definitivamente. Isso aconteceu há cerca cinco anos.

Cirurgias, porém, não resolveram o problema. Atualmente, ele já não enxerga do olho esquerdo. O direito também está muito limitado. “O médico disse que não vou ficar mais tanto tempo enxergando”, contou. Faltando pouco para o Natal, o aposentado escolheu o presente que deseja ganhar. Após 27 anos de distância, quer rever os cinco filhos do primeiro casamento. Antes que, diante dos olhos, vença a escuridão.

Valdeci, natural de Aliança, na Mata Norte de Pernambuco, casou-se pela primeira vez há 40 anos, com Josefa Maria dos Santos. Juntos, tiveram sete filhos. Um deles morreu com poucos meses de vida. Ficaram Sandra Maria dos Santos, 36, Augustavo Vicente dos Santos, 33, Edicilda Maria dos Santos, 35, Maria José dos Santos, 28, Maria Aparecida dos Santos, 29, e José Vicente dos Santos, 31. Este último foi o único que seguiu viagem com o pai, há 27 anos, quando ele deixou a casa, após desentendimentos com a primeira esposa, e formou uma nova família.

Na trajetória de Valdeci não faltaram altos e baixos nos relacionamentos.
Não à toa, está no quarto casamento. Mas agora garantiu que encontrou a felicidade e não pretende sair de perto da mulher, Jacira Santos. Ao longo dos 36 anos, teve 23 filhos, sendo 19 mulheres. “Tenho filho em todo lugar. No interior, na Paraíba. Por onde passei deixei meninos”, brincou o aposentado, enquanto segurava os registros de nascimento daqueles que deseja reencontrar.

Valdeci conta que resolveu ir ir atrás deles cinco anos após sair de casa, quando ouviu dizer que a ex-mulher havia morrido - informação nunca confirmada. “Procurei por todos os lugares, mas nunca consegui saber onde estão”, lamentou. Agora, ele apela por qualquer notícia que possa levá-lo ao encontro sonhado. Quem tiver informações pode telefonar para (81) 8818-7207. “Tenho esperanças que, desta vez, vou conseguir”, disse o aposentado, cercado de familiares.
Tags:

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Elza Menezes
Irresponsável, espalhou 29 anos pelo mundo, ainda acha bonito! Agora que está na pior e a vida está lhe cobrando que ir atrás dos filhos! dá-lhe Bolsa Família e PT..... | Denuncie |

Autor: Elza Menezes
Porque meus comentários não são publicados? | Denuncie |

Autor: Elza Menezes
Simplesmente irresponsável, 29 filhos, jogados pelo mundo, agora que a vida está lhe cobrando ele quer correr atrás dos filhos. E dá-lhe Bolsa Família e PT..... | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.