19°/ 29°
Belo Horizonte,
20/ABR/2014
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mais Médicos será avaliado e número de estrangeiros pode ser ampliado, diz Dilma

Agência Brasil

Publicação: 13/12/2013 15:23 Atualização: 13/12/2013 18:57

A presidenta Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira que o Programa Mais Médicos irá passar por uma avaliação em março de 2014 e mais profissionais estrangeiros poderão ser contratados, caso o governo considere necessário. A estimativa do Ministério da Saúde é que, até março, o programa tenha 13 mil médicos brasileiros e estrangeiros e garanta a cobertura de atendimento, nas unidades básicas de saúde, a quase 46 milhões de pessoas.

"O que vimos em todas as enquetes que o Ministério da Saúde faz é que as pessoas reclamavam que não tinha acesso a médico. Principalmente as pessoas que moram nas periferias das pequenas e médias cidades, no interior, a população de indígenas e populações negras quilombolas. Por isso, resolvemos fazer todo um chamamento para garantir que houvesse médico suficiente para atender toda a nossa população", disse a presidente.

Dilma participou na tarde desta sexta-feira da cerimônia de inauguração do Hospital de Clínicas Municipal José de Alencar, em São Bernardo do Campo (SP). Ao inaugurar a unidade de saúdel, que leva o nome do ex-presidente José Alencar, Dilma disse queo gesto é "honroso" por se tratar de um local de qualidade.

De acordo com o prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, o hospital irá iniciar o atendimento este mês com 70 leitos. Até 2015, serão 293 leitos, sendo 197 de internação e 96 leitos complementares -incluindo 60 leitos de UTI. A unidade tem 11 pavimentos e ocupa 36 mil metros quadrados de área construída.

Tags:

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Marcio Guastaferro
Vejo nossa saúde como a do Haiti, Serra Leoa, Eriteia, Borundi etc. Leio esta matéria de 1º mundo e hoje em um programa de televisão vai ser as mazelas da saúde no Brasil. Tõ no pais errado ou não?. | Denuncie |

Autor: Antonio navarro
O Programa Mais Médicos não foi criado para atender as regiões mais distantes e carentes do país? Mentira. O programa contempla aliados políticos em cidades onde sobram médicos. http://g1.globo.com/mg/centro-oeste/noticia/2013/12/mais-dois-cubanos-do-mais-medicos-chegam-para-de-minas.html | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.