17°/ 29°
Belo Horizonte,
23/OUT/2014
  • (16) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Turista morta após ataque de tubarão será sepultada em Escada

Diário de Pernambuco

Publicação: 23/07/2013 15:38 Atualização: 23/07/2013 15:40

Será sepultado no município de Escada, zona da Mata Sul de Pernambuco, o corpo da turista Bruna Gobbi, de 18 anos, morta no final da noite de ontem após um ataque de tubarão registrado no início da tarde em Boa Viagem. Familiares da vítima aguardam, na frente do Instituto de Medicina Legal (IML), a liberação do cadáver, que está sendo necropsiado.

Os parentes que estão no local, um tio e os esposos de duas tias, ainda não sabem o horário do enterro, que pode ser realizado na tarde desta terça-feira ou na manhã de quarta. O município de Escada foi escolhido por ser a terra natal da avó materna de Bruna. A mãe, em estado de choque, permanece na casa de familiares. O pai, está em São Paulo, onde a família mora.

Esta manhã, enquanto organizavam a cerimônia fúnebre em uma funerária no bairro de Santo Amaro, os familiares adiantaram que vão entrar na justiça contra o Estado. No entanto, eles ainda não sabem precisar o tipo de ação e quando a medida será tomada.

Bruna foi a 24ª pessoa morta por ataque de tubarão em Pernambuco desde 1992. A paulista, que passava férias no Recife, tomava banho de mar acompanhada de uma prima, por volta das 13h, quando o animal a atacou. Ela foi resgatada e levada à UPA da Imbiribeira, onde recebeu os primeiros socorros, e depois ao Hospital da Restauração. No HR, chegou a ter parte da perna amputada em uma cirurgia, mas não resistiu e morreu por volta das 23h50, segundo a assessoria do hospital.

Perto do local do acidente, placas sinalizavam para a proibição do banho de mar por conta do risco de ataques de tubarão. Um ambulante local também disse ter presenciado o momento em que as duas jovens foram alertadas por um bombeiro para não entrarem no mar.

Tags:

Esta matéria tem: (16) comentários

Autor: MARCONI GOMES
Fala asneira não Tatiana Maia...O Estado tem que ser responsabilizado sim pela tragédia, já que outras pessoas também já foram atacadas. Já era para ter colocado redes de proteção como em outros países que tem esse tipo de problema.A menina era muito jovem... Meus sentimentos a família | Denuncie |

Autor: Paulo Alexandre Roscoe
Com a devida venia Com base em qual fundamento legal vai processar o estado ? O estado socorreu, não foi omisso, bem como estava sinalizado que a praia e area de tubarão, infelizmente muito infelizmente foi uma fatalidade e a vitima assumiu o risco ao adentrar ao mar infelizmente | Denuncie |

Autor: andrea magela oliveira
Concordo com todos voces. Vou sempre a Recife, evito Boa Viagem, a praia [e totalmente sinalizada de ataque de tubar\ao. Somente entra quem quer e poucas pessoas fazem isso. | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
PROVAVELMENTE NINGUEM SABE LER QUE ENTRAM NESTA PRAIA. É HUMANAMENTE IMPOSSÍVEL QUERER ENTENDER SE TEMOS UM AVISO DE PERIGO, QUERER ENFRENTA-LO...CABEÇA NÃO É SÓ PARA TER CABELOS NÃO...FORAM AVISADAS PARA NÃO ENTRAREM. PORQUE ENTRARAM NO MAR? AÍ É DAR MOLE PRO AZAR... | Denuncie |

Autor: José Resende
Três vezes alertada. Praia cheia de placas. Deu o azar de a onda estar jogando para fora. O tubarão passou no exato momento. O resgate foi quase imediato. Nem se fale na coragem do bombeiro. Infelizmente, é por que tinha que ser, mesmo. | Denuncie |

Autor: Humberto sá
a menina que é uma irresponsavel , mesmo com tantas placas e mesmo sendo alertada pra sair do mar , continuou nadando , e agora os pais querem dimdim $$ ??? . | Denuncie |

Autor: Renan Rubio Castro Laranjo
Vi na internet um rapaz filmou tudo,acho que o tempo que ela ficou sem atendimento foi fundamental para a sua morte.Ficou sangrando por pelo menos 2 minutos sem que ninguen fizesse um garrote para ela. | Denuncie |

Autor: Júlio César de Mendonça Júnior
Nesta praia, em 10 anos já ocorreram mais de 50 ataques de tubarão. Placas de sinalização não é o certo. Na Tv familiares, amigos, testemunhas, disseram que a jovem estava no raso. O que se deveria fazer e ninguém fez até hoje, é colocar uma rede de proteção. E a culpa é das autoridades públicas. | Denuncie |

Autor: Cristiano Mesquita
Se um raio cair na minha cabeça vou processar o Estado porque não me avisou que ali caem raios?! Se uma cobra me picar no mato? Todo mundo sabe que no mar tem tubarão, entra quem quer. E ainda tava cheio de placas alertando. Oportunistas de plantão ou desespero? Deus console. | Denuncie |

Autor: Christiano Alves Meireles
Os pais estão querendo responsabilizar o Estado pela irresponsabilidade da filha!!! Já que a filha era uma irresponsável porque os pais a deixaram sozinha?! | Denuncie |

Autor: Luiz Pena
A menina assumiu o risco de morrer, apesar dos avisos, não cabe qualquer ação. É como um motorista que sai a 200 km, bate num poste e morre, a família vai processar a Cemig? | Denuncie |

Autor: eduardo mello
cade a seguranca? Tem que colocar este tubarao atras das grades. | Denuncie |

Autor: Tatiana Maia
Entrar na justiça? Por que? So se tivessem omitido o resgate..mas fora isso não tem motivo, foi uma tragédia e foi alertada...que Deus conforte a família, mas nem tudo é caso de entrar na justiça... | Denuncie |

Autor: CARLOS RIBEIRO
Nossos sentimentos para a Família a esta fatalidade, mas ja estive na pria de boa viagem e por tantas sinalizações referente a ataque de tubarões não tivemos nem coragem de pisar nesta praia. Lamentamos e desejamos que a família fique em PAZ com Deus. | Denuncie |

Autor: Cláudio Martinez
Como sempre estou contra o estado, desta vez vou ser o advogado do diabo. Que culpa o estado tem? A praia é sinalizada, a turista estava bem mais para o fundo que os moradores locais, o socorro foi rapidíssimo. O que mais esperar? Apenas uma fatalidade. Nós matamos milhões de tubarões, de vez em qdo. | Denuncie |

Autor: Admilson Mo
Essa praia está toda sinalizada, informando sobre o perigo. Carne humana ñ é cardápio de tubarão. Certamente ele estava atrás de 1 cardume e atacou a sombra,como se cardume fosse. Entendo, até, q toda a paria deveria ter 1 rede de proteção a partir de certo ponto, p/ impedir o acesso das pessoas. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.