SIGA O EM

Refugiado da Somália é principal suspeito de ataque em universidade americana

O nome do suspeito não foi divulgado. Ele foi morto por um policial depois de ferir ao menos nove pessoas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1089157, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Reprodu\xe7\xe3o/Twitter', 'link': '', 'legenda': 'Foto do suspeito morto circula nas redes sociais', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/28/827881/20161128175235754193u.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 28/11/2016 17:31 / atualizado em 28/11/2016 17:59

Agência Estado

Reprodução/Twitter

Autoridades de Ohio confirmaram que nove pessoas ficaram feridas nesta segunda-feira na Universidade Estadual de Ohio quando um estudante subiu o carro em uma calçada e, depois, saiu do veículo para esfaquear pessoas que estavam no local.

Segundo a rede de TV americana NBC, o nome do suspeito ainda não foi divulgado, mas funcionários da polícia afirmam que ele era um refugiado da Somália, de 18 anos, residente permanente e legal nos EUA e morava próximo ao campus. Ainda segundo a NBC, a polícia acredita que o ataque foi planejado.

O chefe de polícia de Ohio, Craig Stone, disse que oito das vítimas estão em condição estável e uma vítima está em estado crítico após o ataque. As autoridades também disseram que duas pessoas foram esfaqueadas, quatro foram feridas por um carro e outras duas tiveram ferimentos leves.

De acordo com Stone, um oficial que estava perto do local por conta de um vazamento de gás disparou e matou o suspeito.
Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600