SIGA O EM

Parte do partido governista quer saída de Zuma na África do Sul, diz imprensa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 28/11/2016 09:37

Agência Estado

Pretória, 28 - A pressão sobre o presidente da África do Sul, Jacob Zuma, cresceu nesta segunda-feira, após uma reunião do principal comitê tomador de decisões do Congresso Nacional Africano se estender para além da hora prevista. Há relatos de que o partido governista, liderado por Zuma, consideraria apresentar uma moção de censura no Parlamento contra o próprio presidente.

A imprensa local informou que três ministros do gabinete apresentaram uma moção que pede a saída do presidente e uma votação secreta sobre se Zuma deve ou não seguir no posto. Segundo os relatos, a moção também foi apoiada pelo líder legislativo do partido, Jackson Mthembu, que havia anteriormente pedido que todo o Comitê Executivo Nacional renuncie, incluindo Zuma.

Em meio a notícias da disputa de poder dentro da base governista, o rand subia ante o dólar nesta segunda-feira, em movimento similar ao da maioria das moedas emergentes e commodities. Fonte: Dow Jones Newswires.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600