SIGA O EM

Três mesquitas nos EUA recebem cartas de ameaça e em apoio a Trump

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 27/11/2016 19:55

AFP /Agence France-Presse

Três mesquitas da Califórnia receberam, nos últimos dias, cartas com ameaças ao Islã, garantindo que o presidente eleito Donald Trump "vai limpar" os Estados Unidos - de acordo com denúncia feita neste domingo (27) pela principal associação de muçulmanos no país, o Cair.

Dirigidas aos "filhos do Satanás", as cartas lançam insultos contra o Islã e afirmam que Trump "vai limpar os Estados Unidos e lhe devolver seu esplendor", denunciaram os responsáveis pelo Council on American-Islamic Relations (Cair), na Califórnia, que exigiu mais proteção policial nos arredores das mesquitas.

A primeira carta foi recebida na quinta-feira passada (24) na mesquita de Evergreen, de San José, no norte da Califórnia. As outras duas foram deixadas hoje nos templos de Long Beach e Claremont, perto de Los Angeles.

A Polícia "deve investigar esta campanha islamofóbica contra os lugares de oração na Califórnia, pois se trata de um ato de intimidação religiosa", afirmou Hussam Ayloush, do Cair (Conselho de Relações Islâmico-Americanas), em Los Angeles.

"Os dirigentes do nosso estado devem rejeitar a crescente intolerância contra os muçulmanos", acrescentou Ayloush, em um comunicado.

Em 2015, a Polícia registrou um aumento de 67% dos atos contra os muçulmanos americanos. Eles representam 1% da população.

O Cair disse ter constatado um "aumento dos atos contra muçulmanos americanos desde a eleição presidencial", em 8 de novembro passado.

Outras associações que lutam contra o racismo e o Partido Democrata também denunciaram uma escalada da violência contra as minorias após a vitória do republicano Donald Trump. Sua campanha foi marcada por um discurso especialmente refratário a muçulmanos e a imigrantes.



Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600