SIGA O EM

Acidente em obra de central elétrica mata 67 pessoas na China

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 24/11/2016 09:46

AFP /Agence France-Presse

Ao menos 67 pessoas morreram nesta quinta-feira na queda de uma plataforma de construção em uma usina de carvão no centro da China, país onde os graves acidentes industriais são comuns.

O acidente ocorreu às 7h00 (21h00 de quarta-feira no horário de Brasília), em uma torre de resfriamento em construção na usina elétrica de Fengcheng, na província de Jiangxi, informou a agência estatal de notícias Xinhua.

O desastre também fez dois feridos e um desaparecido, segundo a imprensa local.

As imagens transmitidas pela Xinhua mostravam cenas de desolação, com uma massa de hastes de metal desconexas e pedaços de concreto espalhados pelo chão de uma enorme estrutura redonda.

Dezenas de equipes de resgate, assistidos por escavadeiras, guindastes e cães de busca tentavam recuperar os corpos da vítimas.

As operações de resgate continuam e mais de 300 socorristas seguem mobilizados, disse a agência.

O acidente ocorreu durante uma mudança de turno. A plataforma onde estavam os trabalhadores estava no topo da torre de resfriamento, informou a Xinhua.

Um total de 32 caminhões de bombeiros, 212 soldados, nove cães e dois drones foram mobilizados para o local do acidente, anunciaram nesta quinta-feira os bombeiros da província em uma rede social.

As vítimas trabalhavam no canteiro de obras da expansão da central, lançada em julho de 2015, de acordo com uma mensagem do governo local postada na internet.

O objetivo era construir dois geradores adicionais de 1.000 MW cada, para serem entregues no final de 2017 e início de 2018, por um investimento total de 7,67 bilhões de yuan (1,1 bilhão de euros), disse a fonte.

Incidentes em série

Este acidente é o último de uma longa série de incidentes do tipo na China, país onde as regras de segurança são, por vezes, ignoradas, para reduzir os custos.

Em agosto, uma explosão em uma usina de carvão na província de Hubei (centro) matou 21 pessoas.

Em abril, um incêndio devastador que durou 16 horas depois de uma explosão em um depósito de produtos químicos e combustíveis na província costeira de Jiangsu (leste), exigindo a intervenção de 400 bombeiros.

Em dezembro de 2015, o desabamento em uma mina de gesso na província de Shandong (leste), havia causado a morte de uma pessoa e o desaparecimento de outras 13.

Um total de 19 pessoas foram declaradas culpadas pelo incidente, segundo informou a agência Xinhua nesta quinta-feira.

Três autoridades foram presas e 16 funcionários locais "punidos". A agência não deu mais detalhes.

O proprietário da mina cometeu suicídio por afogamento perto da mina logo após o desastre.



Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600