SIGA O EM

Bangladesh expulsará dezenas de rohingyas para Mianmar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 23/11/2016 14:25

AFP /Agence France-Presse

A polícia de Bangladesh anunciou nesta quarta-feira que expulsará para Mianmar dezenas de membros da minoria muçulmana rohingya, detidos ao cruzar a fronteira para escapar da violência em sua região.

Mais de 2.000 rohingyas entraram nos últimos dias em Bangladesh para escapar de operações militares no oeste de Mianmar, que deixaram dezenas de mortos.

A polícia da cidade de Cox's Bazar (sul), perto da fronteira entre os dois países, afirma ter detido 70 rohingyas, incluindo mulheres e crianças.

"Nós o pegamos depois de terem entrado ilegalmente. Eles serão deportados para Mianmar", disse à AFP Shyamol Kumar Nath, chefe da polícia local.

Mianmar considera estrangeiros os rohingyas, embora algumas famílias vivam há gerações no país.

De acordo com vários líderes desta comunidade, cerca de 500 pessoas atravessaram a fronteira na terça-feira à noite. Para parar o fluxo, Bangladesh reforçou as patrulhas.

As expulsões de rohingyas de Bangladesh é preocupante. Alguns refugiados acusam os soldados birmaneses de cometer assassinatos e de estuprar mulheres.

O exército nega as acusações, mas proíbe o acesso aos jornalistas.

Esta onda de violência abala a imagem do governo, dirigido de fato pela Prêmio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi.



Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600