SIGA O EM

Merkel faz alerta contra o populismo que se alimenta de falsas informações

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 23/11/2016 10:16

AFP /Agence France-Presse

A chanceler alemã Angela Merkel, candidata a um quarto mandato em 2017, fez uma advertência nesta quarta-feira contra a divulgação de informações falsas na internet, que segundo ela alimentam o populismo.

"Acredito que não devemos subestimar o que acontece (...) com a informática e a internet", afirmou a chefe de Governo conservadora em um discurso aos deputados no Bundestag (Parlamento).

"Temos hoje muitas pessoas que consultam meios que estão baseados em regras muitos diferentes dos tradicionais critérios jornalísticos", afirmou.

"Não digo que sejam as únicas razões da emergência do populismo, mas quero destacar que que a forma como se forja uma opinião se produz hoje de forma diferente que há 25 anos", completou Merkel.

A chanceler, que cresceu na ditadura da Alemanha Oriental, citou os "sites falsos, as inteligências artificiais, os trolls e as coisas que são geradas por si mesmas" e modificam a opinião das pessoas.

"Algo mudou (...) enquanto a globalização avança", afirmou Merkel, que está há 11 anos no poder. A chanceler insistiu que o debate político atual acontece em um "entorno midiático totalmente diferente" do da época da queda do Muro de Berlim, em 1989.

"O populismo e os extremismos registram uma emergência nas democracias ocidentais", lamentou.

Após a eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos, Angela Merkel recordou ao polêmico magnata a vigência dos princípios do Estado de direito e da democracia.

A Alemanha registra por sua vez o avanço da direita xenófoba, antieuropeia e populista, representada pelo partido Alternativa para a Alemanha (AfD), que registrou bons resultados nas eleições regionais dos últimos meses.



Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600