SIGA O EM

Mulher manda policial parar o carro porque ele estava acima da velocidade

"Líderes da comunidade têm que dar o exemplo", disse a motorista. Policial corria a 145km/h

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 02/02/2016 07:34 / atualizado em 02/02/2016 08:49

Ataide de Almeida Jr.


Uma situação inusitada ocorreu em uma autoestrada de Miami, Estados Unidos. A motorista Claudia Castillo fez com que um policial parasse o carro porque ele estava correndo demais. Ao perceber que o agente seguia em uma velocidade acima da permitida, Claudia pegou o celular e começou a filmar todo o trajeto. Ela, então, começou a dar luz alta para que o veículo encostasse. Assim que ele fez isso, ela aproveitou para dar um sermão daqueles. Confira o diálogo:

Claudia:
A razão pela qual eu parei você hoje é porque eu o vi, desde a Miller Drive, indo a mais de 145km/h.

Policial: Mesmo? Ok.

Claudia: Eu estava logo atrás de você. E estava a 56km/h, você me passou e parecia que eu estava parada. Depois, você entrou na rampa e coloquei 130km/h para tentar te alcançar, mas ainda assim me deixou para trás. Eu gostaria de saber qual é a emergência para você estar andando assim tão rápido.

Policial: Eu não vi a velocidade que estava. Mas posso te dizer que eu estou indo para o trabalho agora. Não acredito que estava correndo. Mas entendo sua opinião. Eu vi que você parou logo atrás de mim, por isso parei aqui. Pensei que tivesse alguma emergência. Está tudo bem?

Claudia: Tudo bem. É a sua velocidade.

Policial: Peço desculpas. Eu vou diminuir a velocidade.

Claudia: Mesmo?

Policial: Sim. Você quer meu nome no crachá?

Claudia: Não. Eu só acho que todos nós temos que dar o exemplo.

Policial: Concordo.

Claudia: Líderes da comunidade têm que dar o exemplo. Isso me preocupa porque vejo crianças o tempo todo nas ruas e pessoas correndo. Isso me preocupa.

Policial: Ok. Tome cuidado. Tchau.

O policial não foi identificado. O vídeo foi postado no YouTube na última sexta-feira.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Tulio
Tulio - 07 de Ferveiro às 15:08
as estradas americanas sao perfeitamente modernas e seguras para andar ate 250 km ;h testadas e aprovadas se quiser e puder, ele ,o guarda,deveria ter pedido a ela que fizesse o teste do bafómetro nao e normal ela uma desautorizada dirigir a 130 km na florida , se para ela uma mane , 93,6 milhas e muito saibam que e permitido no Texas Arizona,California, e em muitos estados americanios ,ter a velocidade de ate 90 milhas por hora,vivo aqui e sei disto muito bem, .....esta mulher claramente tem problemas mentais
 
John
John - 06 de Ferveiro às 22:33
Se fosse aqui no Brasil, o policial tirava a mulher do carro e encheria ela de pancada. Cambada de grosseiros. Tudo que se fala com eles é desacato.
 
Carlos
Carlos - 03 de Ferveiro às 06:11
Estados Unidos, onde a Lei é para todos! Como somos atrasados, em tudo. Pais de "espertos" e mal educados. Estacionam em vagas de deficientes, trancam o carro e saem de bermudas, camisetas do time de futebol, arrastando uma surrada sandália de dedos e entram na Igreja para assistir à missa dominical. Êta mundão véio, sô!
 
Rafael
Rafael - 03 de Ferveiro às 01:35
Uma ação incomum até para a população dos EUA. A maioria nunca faria isso, tanto que virou notícia mundial. A diferença gritante é a reação do policial. Isso sim é o que tem de se destacar! Apesar da violação do limite de velocidade, o profissional soube dialogar, reconhecer o erro e agir conforme foi treinado. No Brasil, a polícia tá cheia de gente que acha que tem poder sobre a população comum só por conta da farda e se você abrir a boca para conversar leva supapo na orelha e uma bucha de maconha ainda aparece em sua posse. Lá, bandido é bandido e gente de bem é tratado como gente de bem.
 
josé
josé - 02 de Ferveiro às 18:09
Wilson, ela estava completamente errada e assume que estava..."...fui atrás de vc..." E qto ao uso do cinto, fábio, é uma protocolo de segurança que infringe a legislação de trânsito, eles precisam de estar sem o cinto para ganhar agilidades, pra vc ter uma ideia não podem nem fechar o vidro da viatura durante uma chuva...
 
Luiz
Luiz - 02 de Ferveiro às 17:05
Eis a diferença entre um país de 1º e um de 3º mundo: EDUCAÇÃO. Se é no Brasil a motorista estaria presa por desacato a "autoridade". Está ai o motivo do porque nunca seremos 1º mundo.
 
Claudinei
Claudinei - 02 de Ferveiro às 16:46
Sera que la eles também estacionam viatura encima da calçada ?
 
rennan
rennan - 02 de Ferveiro às 13:17
caso queiram ver PMS não respeitar sinais de trânsito basta ir na avenida Américo Vespúcio, passam em sinais vermelhos em alta velocidade, detalhe em carros particulares, pois ha um batalhão próximo ao cemitério da PAZ, há uns meses um siena preto, quase me atropelou no cruzamento da Américo Vespúcio com Jose benedito antão , era guiado por um PM fardado ele avançou o sinal vermelho em alta velocidade.
 
Rafael
Rafael - 02 de Ferveiro às 11:41
145 km/h esta correndo? Pelo belo acessório no volante dá para perceber o tipo de motorista.
 
Eduardo
Eduardo - 02 de Ferveiro às 11:26
País com leis que são respeitadas e cidadãos conscientes de seu papel isso é que é democracia!
 
sátiro
sátiro - 02 de Ferveiro às 11:01
Se fosse aqui no Brasil, simplesmente o cara ia dar um tiro nela ! kkkk
 
Fábio
Fábio - 02 de Ferveiro às 10:46
Por aqui os policiais deveriam dar bom exemplo usando cinto de segurança. Reparem sempre que passar perto de viatura da polícia, seja militar ou civil. ELES NÃO USAM CINTO DE SEGURANÇA.
 
CARLOS
CARLOS - 02 de Ferveiro às 10:26
FARDA É UMA JAULA QUE SÓ CABE UM ANIMAL.
 
CARLOS
CARLOS - 02 de Ferveiro às 10:25
NOSSA PULIÇA: FARDA É UMA JAULA QUE SÓ CABE UM ANIMAL.
 
CARLOS
CARLOS - 02 de Ferveiro às 10:25
VAI FAZER ISSO COM A NOSSA PULIÇA: VAI TOMAR DUAS BALAS NA CARA!
 
wilson
wilson - 02 de Ferveiro às 09:25
A mulher que filmou estava errada também??? Seguindo na mesma velocidade e ainda por cima filmando, ou seja, sem noção na direção.............
 
geraldo
geraldo - 02 de Ferveiro às 09:24
Democracia de verdade é outro papo.
 
wilson
wilson - 02 de Ferveiro às 09:20
Ela não estava errada de seguir na mesma velocidade e também de ficar filmando e dirigindo???
 
ednelson
ednelson - 02 de Ferveiro às 09:03
se fosse no Brasil, levava um tapa na cara e era presa por desacato.