Lava-jato que oferecia sexo grátis para clientes fiéis é desmantelado na Malásia

Estabelecimento mantinha acordo ilegal com casa de massagens

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 14/09/2012 12:52

Estado de Minas

 

 REUTERS/Sergei Karpukhin

Uma promoção realizada por um lava-jato na Malásia resultou em prisão. De acordo com a polícia, o estabelecimento de higienização automotiva oferecia sexo grátis aos clientes mais fiéis, por meio de uma parceria ilícita com uma casa de massagens.

O esquema foi descoberto por acaso, quando a polícia realizava uma batida na casa de massagens. Durante a ação, os agentes descobriram cartões do lava-jato, que funcionavam como um vale promocional: a cada dez lavagens do carro, o cliente tinha direito a uma seção de sexo gratuita.

A ação policial resultou na prisão de quatro pessoas suspeitas de comandar o esquema ilegal. Nove prostitutas que trabalhavam no local também foram detidas.