Estado de Minas - Acompanhe as últimas notícias sobre Minas Gerais, economia, política, nacional, internacional, ciência e tecnologia Guri

SIGA O EM

Sai, grupe!

Alunos na luta contra o H1N1

Projeto na escola informa e ensina maneiras de se previnir

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1026077, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Robson Valentim/IPM/Divulga\xe7\xe3o', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/04/11/751907/20160411141918234855i.JPG', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1026078, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Robson Valentim/IPM/Divulga\xe7\xe3o', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/04/11/751907/20160411141923708485o.JPG', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1026079, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Robson Valentim/IPM/Divulga\xe7\xe3o', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/04/11/751907/20160411141933161460o.JPG', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 11/04/2016 13:42 / atualizado em 11/04/2016 14:28

Redação Guri



Robson Valentim/IPM/Divulgação
Depois do combate ao mosquito aedes aegypti transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus, a turminha do Ensino Fundamental I do Instituto Padre Machado entra novamente em combate e, desta vez, em outro “front”. O inimigo agora é o H1N1 o vírus que provoca a gripe suína. E a arma para essa luta não poderia ser outra: a informação.

“Lembrem-se crianças, caso estejamos sem lenço, vamos cobrir o nariz e a boca com o antebraço sempre quando for tossir ou espirrar”. Quem recomenda é a professora do Instituto Padre Machado, Cristiane Almeida que, dentro de sala ensina formas de prevenção da gripe suína. Júlia Pegnolate, 10 anos, entendeu o recado. “Aqui na escola e mesmo em casa temos de mudar nossas atitudes. Pois essa doença é muito perigosa e podemos ‘pegar’ até pelo ar”, explicou.

Por isso, demonstrações de afeto como abraço, beijo e o compartilhamento de copos, toalhas e outros objetos pessoais devem ser evitados. Tudo para combater a doença que é altamente contagiosa. A professora até ensinou uma canção para lembrar a mudança de postura:

"Olha gente, esta gripe que esta por aí é muito perigosa!
Por isso, temos que tomar todos os cuidados pra não deixar ela se espalhar

Mas, alguns costumes tem que ser mudados, viu

Sem abraço, sem beijinho sem aperto de mão?

Não é desprezo, é apenas proteção

Sem abraço, sem beijinho, sem aperto de mão?

Não é desprezo, é apenas proteção

Contra essa gripe, que acabou de chegar

E com essa gripe não se deve vacilar

E o vírus influenzah1n1 

 

E a tal gripe suína que assusta qual quer um! 

Sem abraço, sem beijinho sem aperto de mao?

Não e desprezo, é apenas proteção

Sem abraço, sem beijinho sem aperto de mao?

Não é desprezo, é apenas proteção

 

Por isso eu digo:a gente tem que se cuidar

Pra não deixar essa gripe se espalhar,viu?

Por isso eu digo:  gente tem que se cuidar

Pra não deixar essa gripe se espalhar

Sem abraço, sem beijinho sem aperto de mao?

Não e desprezo, é apenas proteção

 

E isso aí! Cuide bem de você

E ensine a sua turminha a se cuidar também!

Sem abraço, sem beijinho sem aperto de mao?

Não é desprezo, é apenas proteção

Sem abraço,sem beijinho, sem aperto de mão?

Não é desprezo, é apenas proteção.

Robson Valentim/IPM/Divulgação

 

Preocupado com a doença Carlos Eduardo Santos, 10 anos, vai passar o que aprendeu pra frente. “Vou falar com toda a minha família”, afirmou o menino do quarto ano.

De acordo com a professora, para um combate efetivo é necessária a participação de todos. “A contaminação da gripe suína, atualmente conhecida como Influenza A, se dá da mesma forma que a gripe comum: pelas vias aéreas, partículas de saliva ou secreção nasal, contato direto com o contaminado ou contato indireto das mãos com objetos contaminados. Podemos ser vítimas da doença no ônibus, em casa ou até mesmo na escola. Por isso, nós também tivemos de nos adaptar.” Contou a professora.

 

E a escola se preparou para evitar a contaminação:

- Os bebedouros já foram lacrados, deixando liberados apenas a torneira usada para encher copos ou garrafas individuais.

- Copos descartáveis ficaram disponíveis para uso próximos aos bebedouros

- Lenços e papéis descartáveis tiveram seu uso incentivado em detrimento das toalhas individuais que se compartilhadas podem favorecer a propagação da doença

- Recipientes com álcool gel estão disponíveis em todas as salas e seu uso foi estimulado várias vezes ao dia.

Alguns hábitos do dia a dia, muito comuns, mereceram atenção da professora que ensinou as crianças a lavar bem as mãos várias vezes ao dia. “São coisas que a gente pensa que sabe e acaba vendo que não é bem assim”, adverte a educadora.

 

Por isso mesmo, aqui vai o passo a passo de como lavar bem as mãos e se prevenir da gripe:

- Molhe bem as mãos com água;

- Cubra as mãos com espuma de sabão;

- Esfregue bem as palmas;

- Esfregue o dorso com a palma das mãos;

- Lave as palmas com os dedos entrelaçados;

- Esfregue a base dos dedos nas palmas das mãos;

- Limpe o polegar esquerdo com a palma da mão direita e vice versa;

- Esfregue novamente as palmas das mãos com as pontas dos dedos Enxágüe todo o sabão;

- Enxugue as mãos com uma toalha descartável; 

- Use esta mesma toalha para desligar a torneira;

 

O trabalho com as crianças do Instituto Padre Machado começou há dois meses por ocasião do surto de dengue que, este ano, surpreendeu o mundo e que infelizmente, por nós, aqui no Brasil, já é bem conhecido. “Temos de ensinar às nossas crianças a se defender dessas doenças que já fazem parte de nosso cotidiano por meio da prevenção”, conclui a professora Cristiane Almeida.

 

Para saber mais sobre o novo vírus da gripe suína:

- A gripe suína foi detectada pela primeira vez entre suínos em 1930 . É endêmica nos EUA e no México há dois tipos distintos: H1N1 e o H3N2.

- Entre os humanos a Gripe suína foi detectada pela primeira vez em 1988, em Winsconsin, nos EUA.

- Os sintomas são tosse, irritação nos olhos, coriza, dor de cabeça, febre alta e repentina, dor nos músculos e nas articulações.

- O novo vírus que pode ser encontrado atualmente é uma mistura dos vírus da gripe suína, aviária e humana.

- Isso aconteceu porque diferentes cepas de vírus que infectam humanos, aves e porcos podem realizar contágios simultâneos em suínos. Em seguida esse material genético se mistura nas células dos porcos.

- Surge então uma nova cepa que mistura genes dos vários tipos de vírus.

- Daí, porcos infectados transmitem o novo vírus para seres humanos como uma gripe comum. A ameaça não é reconhecida pelo sistema imunológico.

- Os sintomas começam a aparecer 4 ou 5 dias após a infecção.

Robson Valentim/IPM/Divulgação

 

 

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600