Estado de Minas - Acompanhe as últimas notícias sobre Minas Gerais, economia, política, nacional, internacional, ciência e tecnologia Guri

SIGA O EM

Veja lista de livros de receita para os pequenos

Comida é muito mais do que sabor e prazer, é fonte de energia; confira essas delícias nutritivas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 933530, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Beto Magalh\xe3es/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/10/03/693719/20151001101654485222e.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}]

postado em 03/10/2015 06:00 / atualizado em 01/10/2015 10:18

Beto Magalhães/EM/D.A Press

Muito mais do que fazer uma receita gostosa, saber cozinhar envolve também o conhecimento sobre os alimentos. Quem nunca ouviu falar dos grupos alimentares? Ou já viu um parente preocupado com as calorias, açúcar e carboidratos do que come?

Comida é muito mais que sabor e prazer. É nossa fonte de energia e saúde. Jogar bola, brincar com os amigos e até estudar ficam mais difíceis sem uma dieta bem equilibrada. Para isso, uma alimentação balanceada é muito importante. Mesmo que o nome da fruta ou legume seja estranho ou a aparência, meio esquisita, não vale fazer cara feia antes de experimentar. Pense bem: qual o sentido de fazer careta sem nem saber o gosto do alimento? Quando sua mãe, pai, avó, tio ou tia disser a você para provar alguma comida diferente, não tenha medo. Se não gostar, é só beber um pouco de água que o sabor ruim vai embora. Mas pelo menos você vai ter certeza se gosta ou não daquilo!

Consultora em desenvolvimento infantil, Tatiana Camargos dá a dica para as crianças acompanharem os pais na hora das compras. Sua mãe falou que vai ao mercado? Seu pai vai à feira? Peça para ir junto! Lá, você pode conhecer frutas, legumes e verduras diferentes, que podem render um prato delicioso. Além disso, a consultora diz que é sempre mais nutritivo optar por alimentos naturais, em vez dos industrializados.

Tatiana acredita que essa moda de as crianças se interessarem por gastronomia é boa oportunidade para elas voltarem a se alimentar corretamente. “Tem moda que é boa e moda que é ruim. Se feita com consciência e a criança crescer nesse ambiente, pode fazer a diferença. É bem melhor que a moda do fast food.”

A arte de cozinhar – Receitas fáceis para crianças pequenas

Escrito por Maryann F. Kohl e Jean Potter, o livro é voltado para a introdução das crianças ao universo da culinária. Tem 12 capítulos com cardápios temáticos, dispensando o uso do fogão.
• Editora Artmed, R$ 72, 192 páginas

Na cozinha da Rebeca – Aventuras culinárias para crianças extraordinárias

Escrito pela chef mirim Rebeca Chamma quando ela tinha somente 9 anos. A publicação apresenta 30 receitas, que vão da salada à sobremesa.
• Editora Alaúde, R$ 64,90, 96 páginas

Brinque-Book com as crianças na cozinha

Com mais de 30 receitas voltadas para o público infantil, o livro, da autora Gilda de Aquino, teve sua primeira edição lançada em 1991.
• Editora Brinque-Book, R$ 48, 54 páginas

Um mundo de receitas

As mais de 50 receitas propõem uma viagem ao redor do mundo, com pratos típicos de países como Rússia, Estados Unidos, África do Sul e Índia. A autora, Abigail Johnson Dodge, dá dicas de segurança e comportamento na cozinha.
• Editora Publifolha, R$ 14,90,
128 páginas

Receitas de princesa

Quem ajuda as meninas a cozinhar e a se alimentar bem são nada menos que as princesas da Disney. São seis capítulos, cada um apresentado por uma princesa diferente.
• Editora Melhoramentos, R$ 59, 80 páginas

Cozinhar é divertido! – Deliciosas receitas para pequenos cozinheiros

A autora, Annabel Karmel, dá dicas para o cultivo de alguns ingredientes em casa e apresenta curiosidades sobre nutrição.
• Editora Publifolha, R$ 34,90, 48 páginas

Cozinha animada

O objetivo da autora, Ana Cláudia Cavalcanti, é unir cozinha e brincadeira, estimulando o interesse dos pequenos cozinheiros.
• Editora Mundo Mirim, R$ 19,90, 32 páginas
Tags: guri
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600