Publicidade

Estado de Minas

PM sobe com 'caveirão' no Aglomerado da Serra em operação considerada de rotina

Ação policial, que contou com integrantes do Comando de Policiamento Especializado, promoveu ocupação de vilas do complexo que fica na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Corporação não divulgou balanço da operação


postado em 01/09/2017 18:08 / atualizado em 01/09/2017 19:05

Veículo blindado ficou estacionado na Praça do Cardoso pronto para ser usado em situação crítica(foto: Túlio Santos/EM/D.A.Press)
Veículo blindado ficou estacionado na Praça do Cardoso pronto para ser usado em situação crítica (foto: Túlio Santos/EM/D.A.Press)

Polícia Militar subiu nesta sexta-feira com força extra no Aglomerado da Serra, Centro-Sul de Belo Horizonte, para seu "patrulhamento de rotina" na área. Até mesmo um veículo blindado (caveirão) do Comando de Policiamento Especializado (CPE) foi usado na operação, que teve como base a Praça do Cardoso.

Na PM, a informação é de se trata de uma ação de rotina, e não uma resposta ao clima de tensão no local, por causa das disputas entre gangues das vilas do aglomerado. Desde o domingo, já foi registrada a morte de um adolescente de 16 anos e uma jovem foi torturada e teve a cabeça raspada.

Até o começo da noite, a corporação não informou se houve prisões ou apreensões na ação desta sexta-feira. Não foram divulgados detalhes sobre a investida militar que, além de equipes da 127ª Companhia do 22º BPM, responsável pelo patrulhamento da área, houve reforço de guarnições do CPE, com policiais dos batalhões Rotam, Operações Especiais e Choque, além do regimento de Cavalaria e Companhia de Cães.

O major Sérgio Luiz Goulart, comandante da 127ª Cia., descartou que se tratou de operação especial para conter a violência na área. “Já estava prevista essa ação. Fazemos diariamente a ocupação em todo aglomerado. É apenas uma ação de rotina. É uma ocupação normal. Não teve nenhum tumulto. A paz está reinando no aglomerado”, assegurou o major.

Por meio de nota, o Comando de Policiamento Especializado (CPE) afirmou que foi intensificada a operação policial no Bairro Serra, com o objetivo de “incrementar o policiamento ostensivo e estabelecer um ambiente de segurança e tranquilidade aos moradores da região.” E acrescenta, que as unidades subordinadas ao CPE “realizam intensas ações visando à prevenção e repressão à criminalidade em recobrimento às unidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte”.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade