SIGA O EM

Conselho denuncia lançamento de esgoto na BR-262, em Juatuba

Empresa acusada rebate denúncia e diz que vai construir estação de tratamento

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1135708, 'arquivo_grande': None, 'credito': 'CODEMA DE JUATUBA/DIVULGA\xc7\xc3O', 'link': '', 'legenda': 'Lan\xe7amento de esgoto na calha fluvial da BR-262, altura do km 367 ', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/07/16/884293/20170716165827693185e.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}]

postado em 16/07/2017 16:46

Gustavo Werneck

CODEMA DE JUATUBA/DIVULGAÇÃO
O Conselho Municipal de Desenvolvimento Ambiente de Juatuba, na Região Central, a 42 quilômetros de Belo Horizonte, denuncia o lançamento de esgoto sanitário in natura, por uma empresa, num trecho da rodovia BR-262, no município. Segundo o presidente do conselho, Heleno Maia, a empresa Tiberina Automotive foi alvo de fiscalização no último dia 5 e, sem resolver o problema, “sofreu interdição” no dia 11 pela Polícia Militar do Meio Ambiente. “Mesmo assim, as atividades continuam normais e o lançamento de esgoto da mesma forma, como verificamos neste fim de semana”, diz Maia.

Conforme foi apurado pelo Codema de Juatuba, a empresa, com 250 funcionários, está com a licença de instalação corretiva vencida desde 1º de abril de 2016. “Além disso”, informa Maia, “ela está construindo um galpão sem licença da Superintendência Regional de Meio Ambiente (Supram), da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad)”. O ambientalista diz ainda que foi ameaçado por um diretor da Tiberina, que teria enviado um e-mail nesse sentido à prefeitura. Para tentar solucionar a situação, o Codema vai se reunir hoje às 14h. “Vamos ajuizar uma ação criminal contra a empresa e outra cível”, adianta Maia.

NÃO PROCEDE
O advogado da Tiberina Automotive, Geraldo Antônio da Conceição, rebate com veemência a denúncia do Codema. “Nada disso tem fundamento”, explica Geraldo. Em primeiro lugar, esclarece, não existe vazamento de esgoto na rodovia. “Isso ocorreu há mais de um mês e foi resolvido, devido a um problema na fossa séptica. Vamos, inclusive, construir uma estação de tratamento de esgoto. Na próxima quarta-feira, vamos receber uma equipe Semad, que dará o parecer para o licenciamento”, disse.

Geraldo disse ainda que não houve qualquer tipo de ameaça ao presidente do Codema. “Nosso superintendente está de férias, fora do Brasil, então isso não seria possível”, disse. Ele acrescentou que foi feito um boletim de ocorrência, pela Polícia Militar do Meio Ambiente, mas sem suspensão das atividades”.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600