SIGA O EM

Poder público monta gabinete de gestão para carnaval em BH

Cerca de 20 instituições da prefeitura e do estado se reúnem, a partir de amanhã, para garantir uma folia sem problema

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 17/02/2017 11:49 / atualizado em 17/02/2017 11:59

Paulo Henrique Lobato /

Cerca de 20 instituições e órgãos da Prefeitura de Belo Horizonte e do governo mineiro irão se reunir, numa espécie de gabinete de gestão, para garantir a segurança e o conforto dos foliões no carnaval da capital. A “força-tarefa”, que contará com representantes da Belotur, BHTrans, policias, Corpo de Bombeiro, entre outros, ficará numa sala do prédio onde funciona o Centro de Operações (COP) do município, no Bairro Buritis, onde está a central de videomonitoramento do que ocorre nas vias públicas da cidade.

Na prática, os integrantes do gabinete estarão reunidos para tomar decisões estratégicas e rápidas na hipótese de algum imprevisto. Um exemplo, cita Denise Fontes, diretora de Operações do Cop, é a possibilidade de um bloco de rua receber mais foliões do que o previsto, o que pode afetar o trânsito. “Estamos preparando a cidade para que tudo ocorra dentro da normalidade. A sala de controle do Cop será reforçada por profissionais”.

 

O carnaval deste ano na cidade deve atrair um público 15% superior ao do ano passado, totalizando em torno de 2,4 milhões de foliões, dos quais 500 mil turistas, segundo estimativa da Belotur. É como se todos – ou quase todos – os moradores da capital, que soma entre 2,3 milhões e 2,5 milhões, saíssem as ruas durante a festa.

O gabinete irá funcionar em parceria com o COP, onde os profissionais têm à disposição aproximadamente 1,5 mil câmeras de videomonitoramento. Entretanto, os representantes da “força-tarefa” só irão se reunir em dias e horários em que os blocos que arrastam o maior número de público irão desfilar (veja tabela abaixo).

DATA HORÁRIO DESTAQUES DO DIA
18 11h a meia-noite Santo Antônio, Savassi, Banda Mole e Trio Chacoalha (Praça da Estação)
19 8h a meia-noite Me beija que sou pagodeiro, Padecendo na Folia e Trio Chacoalha
22 16h a meia-noite Chama o síndico
24 16h a meia noite Tchanzinho Zona Norte e Sexta ninguém sabe
25 7h às 23h Então Brilha e Aline Calixto
26 11h a meia-noite Alcova Libertina, Beiço do Vando, Angola Janga e Pacato Cidadão
27 11 a meia-noite Baianas Ozadas
28 11 a meia-noite Monobloco e Juventude Bronzeada

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600