SIGA O EM

Parcela de dinheiro arrecadada com show de rock irá para produtores rurais

Projetos envolvendo trabalhadores de Bento Rodrigues, distrito de Mariana arrasado pela lama da Samarco, e de Barra Longa, cidade que também foi bastante prejudicada, receberão uma parte da verba arrecadada com o show da banda americana Pearl Jam

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1032621, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'T\xfalio Santos/EM/D.A PRESS', 'link': '', 'legenda': 'Banda americana Pearl Jam, do vocalista Eddie Vedder, se apresentou em Belo Horizonte em dezembro do ano passado', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/05/05/759372/20160505082918593278u.jpeg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 05/05/2016 06:00 / atualizado em 05/05/2016 08:35

Gustavo Werneck

Túlio Santos/EM/D.A PRESS
Parte do dinheiro arrecadado no show da banda norte-americana Pearl Jam, em novembro de 2015 – US$ 33 mil (R$ 120 mil) –, será investida em projetos envolvendo produtores rurais de comunidades de Mariana, especialmente Bento Rodrigues, na Região Central, e Barra Longa, na Zona da Mata, atingidos pela Barragem do Fundão, da mineradora Samarco, em 5 de novembro.

À frente, estará a Agência de Águas da Bacia do Rio Doce (Ibio Institucional) e do Instituto Terra, cujos representantes discutiram a questão com técnicos da Prefeitura de Mariana (Secretarias de Meio Ambiente; e de Desenvolvimento Rural), do Sindicato de Produtores e do Comitê de Bacias, e do presidente da Associação de Bento Rodrigues e da Comissão dos Atingidos, José Nascimento de Jesus, conhecido como Zezinho do Bento.

Segundo a coordenadora de Programas Ambientais da Prefeitura de Mariana e segunda secretária do comitê da Bacia do Rio Piranga, Rogéria Trindade, a doação gerida pela Agência Ibio, conforme escolha da banda de rock, será destinada a um projeto de agricultura sustentável para recuperação produtiva e ambiental dos atingidos pela lama que vazou da barragem. “Discutimos com os principais representantes dos produtores rurais de Mariana para destinar a aplicação do recurso por meio de projeto de recuperação e cursos de qualificação.

As doações serão investidas nos produtores rurais que estiverem respeitando os critérios estabelecidos pela Ibio Institucional. No município, o foco é priorizar a região de Paracatu de Baixo e de Cima e Pedras e regiões abrangentes que foram diretamente afetadas”, explicou Rogéria.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600