Publicidade

Estado de Minas

Desfile do bloco 'Praia da Estação' tem protesto contra a PM

Grupo se encontrou com o 'Então, brilha' na Praça da Estação e seguiu rumo à sede da prefeitura de BH. Lá, foliões e foliãs entoaram 'Ei polícia, o carnaval é uma delícia'


postado em 06/02/2016 19:22 / atualizado em 06/02/2016 21:54

'Bloco Praia da Estação' se encontra com o 'Então, brilha' no Centro de BH (FOTO: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)
'Bloco Praia da Estação' se encontra com o 'Então, brilha' no Centro de BH (FOTO: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)
O dourado, o rosa e as purpurinas das 40 mil pessoas que acompanharam o 'Então, Brilha' pelas ruas do Centro de Belo Horizonte na manhã deste sábado (06/02) se juntaram ao ‘carnaval de luta’ do 'Praia da Estação', na praça que dá nome ao bloco. O já tradicional e esperado encontro, marcado pela alegria e animação de milhares de foliões e foliãs, deu início a um protesto contra a Polícia Militar (PM).



Inconformados com a ação da PM que lançou bombas de gás, de efeito moral e tiros de borracha para dispersar o Bloco da Bicicletinha, na última quinta-feira, o ‘Bloco da Praia’ decidiu mudar o trajeto sem avisar a corporação. "Esse trajeto não foi comunicado à PM como um protesto pela truculência do dia do Bloco da Bicicletinha", afirmou Fernando Soares, que levava o estandarte. 

O grupo que deixou a Praça da Estação por volta das 14h e encarou a Avenida Afonso Pena com o trânsito normal de veículos no sentido Centro. A atitude não gerou grandes transtornos.

Caminhão-pipa 'recebeu' o 'Bloco da Praia' em frente à sede da Prefeitura de BH (FOTO: Carolina Braga/EM/D.A Press)
Caminhão-pipa 'recebeu' o 'Bloco da Praia' em frente à sede da Prefeitura de BH (FOTO: Carolina Braga/EM/D.A Press)

Cerca mil pessoas, de acordo com a PM,  fecharam a avenida no sentido Mangabeiras e seguiram até à sede da Prefeitura de BH. Recebidos por um caminhão-pipa para aliviar o calor, os foliões entoaram: ‘Ei polícia, carnaval é uma delícia’.

 

Da Av. Afonso Pena, o bloco subiu o quarteirão da Av. Alvares Cabral, Av. Olégario Maciel e chegou na Praça Raul Soares. Os foliões entraram na fonte. Nenhum conflito com polícia. Moradores jogam confete das janelas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade