SIGA O EM

Bailinho promete muita folia para a criançada

A 3ª edição do Carnavalzinho será domingo no Parque Municipal Américo Renné Giannetti, no Centro de BH, com clássicos carnavalescos e cenografia inspirada na trajetória do compositor Braguinha

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 997836, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Divulga\xe7\xe3o/Prefeitura', 'link': '', 'legenda': 'A Banda Osquind\xf4 dedica-se \xe0 cria\xe7\xe3o de m\xfasica para crian\xe7as, realizando shows que trazem o universo da inf\xe2ncia para o palco', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/02/02/730853/20160202175801895179i.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}]

postado em 02/02/2016 17:47 / atualizado em 02/02/2016 18:15

Pedro Ferreira

Divulgação/Prefeitura
Para promover o patrimônio imaterial de resgatar os carnavais infantis de Belo Horizonte, a Fundação Municipal de Cultura promove no próximo domingo, dia 7, a 3ª edição do Carnavalzinho, no Parque Municipal Américo Renné Giannetti, no Centro de BH. A festa, que começa às 9h30, será animada com marchinhas e crianças e adultos poderão construir e turbinar suas fantasias usando materiais recicláveis. Para cair na folia, os pequenos ainda poderão fazer uma maquiagem especial, tudo gratuito.

A Banda Osquindô vai apresentar o show “Bailinho do Braguinha”, preparado especialmente para a ocasião, e vai reunir clássicos carnavalescos, segundo a prefeitura. Adultos também vão gostar de ouvir composições de João de Barro, Noel Rosa, Pixinguinha e Almirante, como “Pirata da perna de pau”, “Tem Gato na Tuba”, “Lobo Mau” “Chiquita Bacana” e outras músicas e marchinhas como “Trem Maluco”, “Canoa” e “Loja do Mestre André”, músicas que darão o tom da festa para cantar, dançar e brincar.

Quem não se lembra da “Coleção Disquinho”, aqueles pequenos discos de vitrola coloridos das décadas de 1970 e 1970? Pois é, a cenografia do show é inspirada neles, que marcam a trajetória do compositor Braguinha pelo universo infantil até hoje. “Além disso, brincadeiras animam e surpreendem a meninada a todo instante, com personagens e bonecos do imaginário da obra do compositor, um show de pura fantasia e alegria”, informou a prefeitura, lembrando que antes do show, a partir das 9h30, o Clube Osquindô promove uma matinê especial com a oficina “Nau da Fantasia”.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600