SIGA O EM

Bloco entra de graça no metrô em protesto contra tarifas do transporte público

Pula Catraca desfila no Bairro Calafate e segue de metrô até o Santa Efigênia sem pagar tarifa. "Fizemos manifestação contra o valor das passagens e o sistema de tarifas", diz estudante

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 996951, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Rui Loureiro Trindade', 'link': '', 'legenda': 'Centenas de pessoas lotaram a esta\xe7\xe3o Calafate para acompanhar o bloco', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/01/31/730149/20160131190839221404o.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 996952, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Rui Loureiro Trindade', 'link': '', 'legenda': 'Grupo tocou marchinhas tradicionais e m\xfasicas pr\xf3prias contra o sistema tarif\xe1rio de transporte', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/01/31/730149/20160131190845988144o.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 31/01/2016 18:35 / atualizado em 31/01/2016 19:35

João Henrique do Vale

Rui Loureiro Trindade

Conhecido pelas críticas ao valor das tarifas e à qualidade do transporte público de Belo Horizonte, o Bloco Pula Catraca aliou folia e manifestação na tarde deste domingo. Ao som de marchinhas e de cantos contra o reajuste das passagens de ônibus, centenas de integrantes e simpatizantes do grupo desfilaram por ruas do Bairro Calafate, na Região Oeste da capital mineira, e seguiram para o Bairro Santa Efigênia de metrô, sem pagar tarifa. O ato, segundo os organizadores, foi uma forma de protesto.

A concentração começou por volta das 14h30. Os tambores ditaram o ritmo do grupo, que rapidamente, atraiu o público. Por volta das 17 horas, o bloco saiu em passeata e seguiu até a Estação Calafate. “Fomos recebidos com as portas fechadas. Depois de uma negociação, elas foram abertas e metade do bloco, cerca de 500 pessoas, pulou a catraca”, disse a estudante de direito Letícia Domingues, de 22 anos. “Fizemos a manifestação contra o valor das passagens e o sistema de tarifa do transporte público”, acrescentou.

Os foliões seguiram de metrô até a Estação Santo Efigênia, onde pararam para esperar o restante do grupo. Mesmo dentro dos vagões, a folia seguiu. “Continuamos cantando as tradicionais marchinhas e composições próprias contra as tarifas. Conseguimos o apoio da população”, disse a estudante.

Procurada pelo em.com.br, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), responsável pelo metrô, informou que está apurando a situação e vai se manifestar nesta segunda-feira sobre o protesto e sobre a negociação para a entrada do grupo na estação.
Rui Loureiro Trindade
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
lUIZ
lUIZ - 01 de Ferveiro às 04:20
Meu Deus, quanta estupidez! A briga dos caras é contra o transp.coletivo de ônibus, mas vão manifestar pulando catraca do metrô? Pois é impossível o protesto ser por causa da tarifa do metrô que é ABSURDAMENTE subsidiado, um troco de bala que logo logo deverá sofrer reajuste, pois a energia elétrica não para de subir, e os metroviários não tardam reivindicarão reajustes devido ao generalizado e crescente custo de vida !!!
 
Marcos
Marcos - 01 de Ferveiro às 00:58
Concordo plenamente, é um bando de vagabundos disfarçados de foliões esses mesmos vagabundos é os que asassaltam quem realmente vai se divertir. Tinha que chamar era o batalhão de CHOQUE pra eles queria ver alguém pular roleta, bando demarginais.
 
wilson
wilson - 31 de Janeiro às 23:41
O pessoal não quer trabalhar e não tem dinheiro nem para pagar passagem.....Vamos estudar pessoal...............
 
Leon
Leon - 31 de Janeiro às 22:36
Nova modalidade de arruaça, bandidos travestidos de palhaço, estão roubando até helicóptero fantasiado, não vão pular uma catraca.
 
Utsch
Utsch - 31 de Janeiro às 20:40
Belo Horizonte virou a cidade de arruaça... Os criminosos estão aí, disfarçados de participantes de blocos de carnaval... Cidade sem lei, completamente desorganizada, e que coloca a vida dos seus cidadãos de bem em risco! Essa turminha do Passe Livre, são BANDIDOS disfarçados de manifestantes...