SIGA O EM

Mariana faz doações água e mantimentos para Belo Oriente e Ferros

Produtos não aproveitados pelas vítimas do rompimento da barragem estão sendo repassados a outras cidades atingidas por desastres em Minas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 25/01/2016 11:41 / atualizado em 25/01/2016 11:55

Estado de Minas

Após sofrer com as consequências da tragédia com a barragem da Samarco, e receber toneladas de doações destinadas às vítimas, Mariana, na Região Central de Minas, distribui os materiais não aproveitados para moradores de outras cidades mineiras atingidas por desastres.

Belo Oriente, a 270 quilômetros de Mariana, recebeu 54 mil litros de água potável que não foi usada em Mariana. A cidade também foi prejudicada pela avalanche de lama, já que capta água do Rio Doce. O pedido da água foi feito pelo Conselho Municipal de Segurança Pública do distrito de Perpétuo Socorro.

Segundo a prefeitura de Mariana, a demanda por água se concentrou nos primeiros dias após o rompimento da barragem, em 5 de novembro. Com a transferência das vítimas para hotéis e depois para casas alugadas, a necessidade de água foi reduzida.

Ainda de acordo com a prefeitura, há cerca de três semanas a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) enviou um ofício a Mariana solicitando transferência das doações de água. Cerca de 15 mil litros de água potável foram encaminhados para Cedec.

Na semana passada, também foram encaminhadas roupas, colchões, fraldas, água e outros materiais para a cidade de Ferros, que está em situação de emergência por causa da enchente do Rio Santo Antônio, depois que o prefeito Carlos Lage oficiou o chefe do Executivo de Mariana, Duarte Júnior. A enchente deixou 600 desalojados e 50 desabrigados.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600