SIGA O EM

Exército Brasileiro chega a Raposos nesta segunda para ajudar no combate ao mosquito da dengue

Prefeito da cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte afirma que a situação está fugindo ao controle da administração municipal, que registrou 172 casos da doença de julho de 2015 até ontem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 23/01/2016 11:52 / atualizado em 23/01/2016 12:16

Guilherme Paranaiba

Militares do Exército do Brasil chegam à Região Metropolitana de Belo Horizonte segunda-feira para auxiliar a Prefeitura Municipal de Raposos a combater os focos do mosquito Aedes aegypti. A informação é do prefeito da cidade, Carlos Alberto Coelho de Azevedo, o Sargento Coelho, que alega não estar dando conta de agir contra o mosquito que também transmite o zika vírus e a febre chikungunya.

“De julho de 2015 até ontem tivemos 720 notificações e 172 casos de dengue confirmados. Em 2014, foram apenas 12 casos o ano inteiro. O objetivo é contar com o apoio do Exército para entrar nos imóveis fechados e também nos que os donos dificultam o acesso”, afirma o prefeito. Os trabalhos começam às 8h da manhã, segundo Sargento Coelho, e vão durar inicialmente até a próxima sexta-feira, sempre até 17h, com o apoio de 12 militares.

Normalmente, a prefeitura conta com oito agentes de endemias para o trabalho de remoção de focos e conscientização da população, que são apoiados por mais 12 funcionários do Programa de Saúde da Família (PSF), segundo a administração municipal. “Nós estamos com um problema fora de controle em Raposos e por isso temos que montar uma operação de guerra”, completa o prefeito. A reportagem tentou entrar em contato com o Exército Brasileiro, mas ninguém foi encontrado para comentar a operação.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600