SIGA O EM

Licitação para contratar empresa de manutenção de abrigos de ônibus é suspensa novamente

Concorrência pública foi adiada pela segunda vez. BHTrans deve apresentar esclarecimentos sobre o edital a empresas interessadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 992317, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Cristina Horta/EM/D.A Press - 27/03/2014', 'link': '', 'legenda': 'Na capital, \xe9 comum encontrar abrigos danificados e em mau estado de conserva\xe7\xe3o', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/01/19/726443/20160119123918438112o.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}]

postado em 19/01/2016 12:33 / atualizado em 19/01/2016 12:41

Cristiane Silva

Cristina Horta/EM/D.A Press - 27/03/2014

Foi suspensa mais uma vez a licitação para contratação de uma empresa que ficaria responsável pela manutenção dos abrigos dos pontos de ônibus de Belo Horizonte. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) desta terça-feira.

Segundo a BHTrans, a concorrência pública nº 10/2015 foi adiada, por tempo indeterminado, “em função de pedidos de esclarecimentos sobre o edital, apresentados por duas empresas interessadas em participar do processo”.Com a suspensão, a empresa vai providenciar as respostas aos questionamentos nos termos da legislação. O objetivo é que assim que as respostas forem encaminhadas aos interessados, o processo tenha a abertura republicada. 

A concorrência pública 08/2015, que tem o mesmo teor da outra, foi suspensa em novembro do ano passado por determinação do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais. Conforme a BHTrans, o órgão pediu alterações no edital, que foram feitas, o que permitiu a nova publicação do documento.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Marcio
Marcio - 19 de Janeiro às 17:33
Pra variar vai ser dinheiro (nosso) jogado no lixo, pois estes "abrigos" não servem pra nada, não protejem do sol e muito menos da chuva, pra variar deve estar rolando um por fora...
 
Helena
Helena - 19 de Janeiro às 15:46
Isso nunca foi abrigo.Não protege nem barata. Dinheiro público jogado no lixo. Uma irresponsabilidade total. Cadê o MP?
 
Raider
Raider - 19 de Janeiro às 15:07
Lamentável até hoje os abrigos não foram consertados, outra coisa triste é a cidade sem os relógios digitais, algué da PBH deveria viajar até a cidade se São Paulo para ver como são legais os relógios de lá.
 
Leopoldo
Leopoldo - 19 de Janeiro às 14:54
A decisão será tomada... depois da chuva.