SIGA O EM

Comitiva da ONU visita Mariana neste sábado

Representantes das Nações Unidas querem ver de perto como está a situação dos atingidos pelo rompimento da Barragem do Fundão e saber como está o relacionamento com a Samarco e o Governo Federal

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 11/12/2015 19:23 / atualizado em 11/12/2015 20:05

Paula Carolina /Estado de Minas


Uma comitiva da Organização das Nações Unidas (ONU) irá a Mariana, na região Central de Minas, neste sábado, para ouvir os atingidos pelo rompimento da Barragem do Fundão em 5 de novembro.

O objetivo é conhecer in loco o impacto causado na vida das pessoas, saber como está o relacionamento com a Samarco e o Governo Federal e ver em que pontos a organização pode interceder junto ao governo na tentativa de colaborar com essas pessoas. A informação é do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), que acompanha o trabalho da comitiva, participando de todos os eventos abertos à sociedade civil.

A comitiva da ONU está no Brasil desde o último dia 7 e permanece até a próxima quarta-feira, 16, passando pelas cidades de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Mariana, Altamira e Belém. A ONU quer examinar os impactos negativos de atividades empresariais sobre os direitos humanos.

Amanhã, a programação começa na capital mineira, com visita à Casa de Direitos Humanos, às 8h30, e à Defensoria Pública, às 10h. Em seguida a previsão é seguir para Mariana, onde às 14h será realizada reunião com a participação de moradores atingidos pela tragédia, Ministério Público, MAB e outras organizações.

Ao fim da visita ao Brasil, será elaborado um relatório a ser entregue ao Governo Federal.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600