SIGA O EM

Funcionários da Samarco reivindicam estabilidade no emprego até agosto de 2016

Data para início da contagem, em princípio, seria 1 de fevereiro de 2016. Na hipótese de a mineradora concordar com o pedido, a empresa defende a assinatura de um termo de ajustamento de conduta

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 967084, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Paulo Henrique Lobato/EM/D.A press', 'link': '', 'legenda': 'Ronaldo Bento, presidente do Metabase', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/12/01/713157/20151201141829255254o.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}]

postado em 01/12/2015 13:53 / atualizado em 01/12/2015 14:37

Paulo Henrique Lobato - Enviado especial

Mariana - Os cerca de 2 mil funcionários da Samarco em Mariana reivindicam estabilidade no emprego até pelo menos o início de agosto de 2016. A pauta será apresentada pela categoria à mineradora numa audiência, quinta-feira, no Ministério Público do Trabalho (MPT).

Paulo Henrique Lobato/EM/D.A press
"As férias coletivas começaram segunda-feira. A empresa garantiu estabilidade até 31 de janeiro. Queremos zero demissão no mínimo 180 dias após o retorno da atividade", disse Ronaldo Bento, presidente do Metabase.

A data para início da contagem, em princípio, seria 1 de fevereiro de 2016. Na hipótese de a mineradora concordar com o pedido, a empresa defende a assinatura de um termo de ajustamento de conduta (TAC) avalizado pelo MPT.

A Samarco antecipou a segunda parcela do décimo-terceiro salário dos funcionários em Mariana. O Metabase solicitou o adiantamento do salário desse mês, que precisa ser quitado em janeiro, mas teve o pedido indeferido.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600