SIGA O EM

Bombeiros resgatam mais um corpo em Santa Cruz do Escalvado, na Zona da Mata

Sobe para 10 o número de mortos na tragédia decorrente do rompimento das barragens da Samarco, sendo que três corpos aguardam identificação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/11/2015 19:10 / atualizado em 14/11/2015 14:22

Estado de Minas

Foi resgatado pelos bombeiros nesta sexta-feira mais um corpo em Santa Cruz do Escalvado, na Zona da Mata, supostamente mais uma vítima decorrente do rompimento das barragens da Samarco, em Mariana, na Região Central. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Mariana.

Com isso, sobe para 10 o número de mortos na tragédia: sete corpos foram identificados (sendo que destes um dos mortos teve morte súbita logo após a tragédia) e três corpos aguardam identificação no IML de Mariana ou de Belo Horizonte.


Entre os corpos identificados está o de Marcos Aurélio Pereira Moura, da empresa Produquímica, prestadora de serviço da Samarco, encaminhado nesta sexta-feira à cidade de São Bernardo do Campo (SP), onde será enterrado nesse sábado.

Dezoito pessoas continuam desaparecidas, sendo nove funcionários e nove moradores.

Bombeiros informam que realizaram, na tarde desta sexta-feira, com o apoio de maquinário pesado, a retirada de detritos até o nível do solo, para a abertura de ruas e antigos acessos do distrito de Bento Rodrigues para ajudar nas buscas das vítimas, nos locais informados pelos familiares, assim como pertences e animais. As buscas por vítimas continuam nos municípios atingidos.

A Secretaria de Estado de Saúde realizou a entrega de mais de 729 mil unidades de 48 tipos de medicamentos, como antibióticos, analgésicos, antialérgicos, corticoides, entre outros, para a cidade de Mariana. Já para a cidade de Barra Longa, foram distribuídos 72 tipos de medicamentos, totalizando mais de 268 mil unidades. Ainda em Barra Longa, houve um reforço na distribuição de vacinas,c om 300 doses de Hepatite B e 300 doses de Dupla Adulta. 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Thiago
Thiago - 13 de Novembro às 19:47
Mais vidas perdidas, pessoas dentro de canais de esgoto fazendo coleta de água para beber e cozinhar (em Gov. Valadares), Cia Vale do Rio Doce mandando água com tóxicos para as pessoas atingidas pela tragédia, Dilma sobrevoando de helicóptero a região afetada... Veja quanta demagogia quando a situação requer na verdade atitude efetiva dos culpados. Se ganharam bilhões ao longo de décadas de exploração, agora é hora de compensar toda a destruição abruptamente causada. Ou o governo encampa essa porcaria e leiloa pra resolver os problemas decorrentes!