SIGA O EM

Samarco vai pagar multa de R$ 250 milhões por desastre ambiental em Minas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 959298, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Roberto Stuckert Filho/ Presid\xeancia da Rep\xfablica', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/11/12/707258/20151112161148305565a.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 12/11/2015 15:53 / atualizado em 12/11/2015 20:42

Estado de Minas

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deve aplicar multa à mineradora Samarco, conforme determinação da presidente Dilma Rousseff. Ela sobrevoou o local da tragédia, em Mariana, e foi até Governador Valadares, onde a distribuição de água é caótica. O valor da multa deve ser próximo de R$ 250 milhões.

Roberto Stuckert Filho/ Presidência da República
“A multa preliminar é de R$ 250 milhões por dano ao ambiente e comprometimento da bacia hidrográfica, por dano ao patrimônio público e interrupção da energia elétrica", afirmou a presidente em coletiva na cidade localizada na região do Vale do Rio Doce. A expectativa é que as multas causadas por danos materiais, ambientais e humanos fique próximo de um bilhão.

Dilma, o governador Fernando Pimentel e o prefeito de Mariana, Duarte Júnior, ficaram reunidos durante 50 minutos em uma sala no Aeroporto da Pampulha. Antes do encontro, Duarte disse à reportagem do Estado de Minas que pediria à presidente para descer na cidade para ver os estragos de perto – isso não ocorreu. Nenhuma autoridade falou coma imprensa após o encontro reservado.

Embarcaram com Dilma para fazer o sobrevoo das áreas atingidas pelo rompimento das barragens da Samarco os ministros Aloizio Mercadante, da Educação, Gilberto Occhi, da Integração Nacional, Isabella Teixeira, do Meio Ambiente, o prefeito de Mariana e o governador Fernando Pimentel, o arcebispo de Mariana Dom Geraldo Lírio Rocha, e o secretário nacional de Defesa Civil, Humberto de Azevedo Viana Filho também estavam no grupo.

A comitiva, em seguida, foi para Governador Valadares, na Região do Rio Doce. Eles chegaram à cidade por volta da 13h. A presidente foi recebida pela prefeita Elisa Maria Costa para uma reunião fechada, juntamente com a comitiva.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Jânia
Jânia - 13 de Novembro às 11:37
É por essas e outras que precisamos de representantes do Estado de Direito. O que aconteceu em Mariana não foi culpa exclusiva da Samarco, os Governos Executivo, Legislativo, Judiciário, MP, OAB e outros órgãos de fiscalização e controle são responsáveis solitários. Suas improbidades administrativas, atos omissos, negligentes, terrorismos e corrupção colaboraram para acontecer a tragédia. Multa para o Governo? Ele vai fazer o que com isso, minimizar o valor com compra de sentença, serviços paliativos e de má qualidade para sobrar mais dinheiro para corromper agentes públicos?
 
Leonardo
Leonardo - 12 de Novembro às 21:08
Agora temos ilma a perita e caneta do IBAMA. Que vergonha. 60 milhoes de dolares. Gorjeta. Ridicula. Multas e multas. Vai resolver?
 
Marcelo
Marcelo - 12 de Novembro às 19:41
Então esse governo ainda vai lucrar com a desgraça alheia, hein?! Porque (se a multa for paga) o último lugar em que esse dinheiro chegaria, seria em algum suporte e benefício para as pessoas mais afetadas.
 
Anderson
Anderson - 12 de Novembro às 19:31
ENFIM UMA DECISÃO ACERTADA....PARA O BOLSO DA TURMA DOS PETRALHAS !!! QUAL É A MULTA PARA QUEM ROBOU NA PETROBRAS, PARA QUEM ARRUINOU A ECONOMIA ???
 
valmir
valmir - 12 de Novembro às 17:55
isso é dinheiro de pinga pra essa gente..e nem mesmo isso eles vão pagar: menos de 2% das multas por crimes ambientais no país são pagas...
 
hernani
hernani - 12 de Novembro às 17:24
com certeza esse dinheiro sera desviado para as contas da familia luladrao e filhinha da dilma e esposa desonrrado do vagabundo pimentel,que quadrilha,kkkkkkkkkkkkkkk
 
Miguel
Miguel - 12 de Novembro às 17:16
Os diretores da Samarco, Vale e BHP estão rindo do valor da multa....A primeira empresa teve em 2014 um lucro líquido de 2.8 bilhões de reais, as demais são simplesmente acionistas majoritárias da primeira.....Dentre as 10 maiores mineradoras do mundo, a Vale é a quarta, e a BHP é a primeira! O governo PT é muito bom....Pelo valor da multa, podemos esperar novas tragédias....Brasil, o país da impunidade!!!!