SIGA O EM

População de Bento Rodrigues decide continuar em hotéis de Mariana

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/11/2015 13:47 / atualizado em 12/11/2015 16:50

Pedro Ferreira

Moradores atingidos pelas barragens em Bento Rodrigues, subdistrito de Mariana, na Região Central de Minas, decidiram, em reunião, continuar hospedados em hotéis e querem garantias por escrito da Samarco em relação aos seus direitos, como o pagamento de uma renda mensal fixa. A reunião aconteceu na Igreja do Carmo e a imprensa não teve acesso.

De acordo com o promotor de Justiça Guilherme Meneghin, eles decidiram criar uma comissão de atingidos e, para isso, vão se reunir na próxima semana, quando pretendem começar a negociar com a mineradora.

Segundo o representante do Ministério Público, as famílias não vão receber um salário mínimo, mas um valor a ser calculado de acordo com a necessidade de cada uma delas. A Samarco, segundo ele, já se manifestou favorável e o primeiro pagamento deve sair em dezembro. Para isso, cada família receberá um cartão.

"As famílias decidiram que somente sairão dos hotéis se essa for uma vontade coletiva, o que vão decidir na próxima semana". O promotor fez mais um alerta aos desabrigados que estão sendo procurados nos hotéis por pessoas oferecendo serviços de advogado, para que elas não sejam iludidas por essas pessoas.

A preocupação dele é que esses supostos advogados possam se aproveitar da humildade dessas pessoas e as façam assinar documentos sem saber realmente do que se trata. “É claro que elas têm o direito de reivindicar os seus direitos”, segundo o promotor, mas ele as orienta não assinar nada sem auxílio jurídico. Devem procurar apoio do Ministério Público e da Defensoria Pública de Mariana e levar esses documentos para serem analisados antes de assinar.

 

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Charleno
Charleno - 12 de Novembro às 15:56
promotor falando mal de advogado?? desde quando a defensoria publica e o MP tem que analisar documento a ser assinado para advogado particular? não desmereça a classe toda dos advogados Sr. Promotor, pessoas de má-fé existem em todos os setores INCLUSIVE NO MP E NA DEFENSORIA PÚBLICA..