SIGA O EM

Laudo com as causas do acidente em Bento Rodrigues deve sair em 30 dias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/11/2015 12:43 / atualizado em 10/11/2015 11:40

Sandra Kiefer / , Marcelo Faria

O Ministério Público está formando uma equipe de especialistas para investigar as causas do rompimento de duas barragens da Samarco em Bento Rodrigues. A previsão é que o laudo técnico fique pronto em 30 dias, segundo Diogo Franco, presidente da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam).

Em entrevista coletiva neste sábado, Diogo afirmou que não existe risco dos corpos das vítimas da tragédia em Bento Rodrigues ficaram presos quando a lama se secar – a poeira que restará será mais fina que a areia e facilmente removível. O maior problema é que a quantidade de água misturada aos resíduos é grande, portanto a evaporação deve demorar.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
João
João - 07 de Novembro às 21:34
É preciso identificar as causas que levaram a essa tragédia para que sirvam de lição para o Ministério Público, para os órgãos ambientais e a para a própria empresa responsável por essa tragédia sem proporções na história do Brasil.
 
João
João - 07 de Novembro às 21:32
É preciso que os responsáveis por esse acidente catastrófico sejam punidos severamente criminal e civilmente. Vidas foram ceifadas. Patrimônios das vítimas viram lama e pó. E o impacto ambiental sobre os leitos e margens de córregos e rios, desde Mariana/MG até o Espirito Santo são de difícil recuperação. Esperamos que os valores das multas a serem aplicadas sejam suficientes para a recomposição, a longo prazo, de tudo que está sendo danificado.