SIGA O EM

Crise hídrica será ponto alto na Semana Mundial do Meio Ambiente

Eventos sociais serão realizados na capital mineira e nas cidades vizinhas para alertar sobre o problema

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 860724, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Tulio Santos/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': 'Reservat\xf3rios do Sistema Paraopeba est\xe3o bem abaixo dos n\xedveis normais para o per\xedodo', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/06/01/653720/20150601165447172564i.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 01/06/2015 16:47 / atualizado em 01/06/2015 16:55

João Henrique do Vale

Tulio Santos/EM/D.A Press

O baixo nível dos reservatórios da Região Metropolitana de Belo Horizonte ainda é motivo de preocupação. A Agência Reguladora dos Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário de Minas Gerais (Arsae/MG) ainda avalia o pedido oficial da Copasa para a sobretaxa e deve autorizá-lo. A situação da crise hídrica será um dos temas retratados nesta semana que antecede o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho. Eventos sociais serão realizados na capital mineira e nas cidades vizinhas para alertar sobre o problema.

As ações começaram nesta segunda-feira em Contagem, na Grande BH. A Copasa promoveu uma blitz educativa na Avenida João César de Oliveira. Foram distribuídos materiais educativos sobre a preservação do patrimônio natural. A Guarda Municipal da cidade, a Polícia Militar de Minas Gerais e a Prefeitura apoiaram o ato.

Nesta terça-feira, alunos da Inspetoria São João Bosco do Centro Salesiano do Adolescente Trabalhador (ISJB/Cesam MG) vão poder mostrar a arte do grafite. Eles foram convidados pela Copasa para fazer um desenho no reservatório da companhia no Bairro Grajaú, na Região Oeste de Belo Horizonte. A ação será para fortalecer a campanha “Para não faltar, cada gota conta”, que pede à população a economia de 30% de água.

O reservatório, com capacidade de 30 metros cúbicos de água, é usado para coletar a água da chuva, que será utilizada para abastecer caminhões da empresa. Os veículos fazem a limpeza e o desentupimento de redes de esgoto e manutenções de vias. Os estudantes também vão conhecer a Estação de Tratamento de Água (ETA) Morro Redondo, no Bairro Belvedere, na Região Centro-Sul, em data ainda a ser marcada.

A Regional Centro-Sul vai realizar diversas ações nesta terça-feira com o tema “Água: toda gota é importante”. O ato vai acontecer simultaneamente nas nas praças do Cardoso, no Aglomerado da Serra, Floriano Peixoto, no Bairro Santa Efigênia, no Parque Municipal Américo Renné Giannetti, no Centro.

Aproximadamente mil alunos de 12 escolas municipais da região e de sete instituições conveniadas à Prefeitura vão participar do evento, que acontece das 9h às 11h30. As unidades vão preparar ações lúdicas e educativas para o público, como dança, música, teatro e mostra de cartazes com informações sobre as condições dos reservatórios e desperdício. O evento contará com a participação de representantes da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) envolvidos na execução do Plano de Economia de Água da Prefeitura de Belo Horizonte, que tem como meta a redução de 30% do consumo nas repartições da Administração Municipal.

Níveis dos reservatórios

A atual situação do Sistema Paraopeba, responsável pelo abastecimento da Grande BH, mostra a importância de ações incentivando ao consumo consciente de água. Nos últimos trinta dias, os três reservatórios que compõem o sistema tiveram ligeira queda ou se mantiveram estáveis. O Rio Manso saiu de 52,2%, medido em 2 de maio, para 50,6% nesta segunda-feira. No mesmo período Vargem das Flores também teve queda, de 40,8% para 39,5%. Já Serra Azul se manteve estável em 15,8%.

Para se ter uma ideia da situação, no ano passado, em 1º de junho, o reservatório Serra Azul estava com 30,7% de sua capacidade, Vargem das Flores com 55,3%, e Rio Manso, 80,5%.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600