16°/ 26°
Belo Horizonte,
22/OUT/2014
  • (10) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Homem é assassinado a tiros na Avenida Francisco Sales, no Bairro Santa Efigênia A vítima foi surpreendida por dois homens em uma moto que passaram pelo local atirando. A dupla fugiu e ainda não foi encontrada pela polícia

João Henrique do Vale

Marcello Oliveira - Portal Vrum

Junia Oliveira -

Publicação: 17/03/2014 16:21 Atualização: 17/03/2014 20:46

Viaturas das policias Militar e Civil foram para o local depois do homicídio (Marcelo Oliveira/EM/D.A.Press)
Viaturas das policias Militar e Civil foram para o local depois do homicídio

Um jovem de 22 anos foi morto a tiros na tarde desta segunda-feira em uma praça na intersessão da Avenida Francisco Sales com Rua Piaui, no Bairro Santa Efigênia, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, próximo ao Hospital Santa Casa. O crime foi cometido por um homem que chegou em uma moto junto com um comparsa. A vítima foi atingida por pelo menos 9 tiros. Houve correria e gritaria no local.

O crime aconteceu por volta das 14h30. De acordo com a Polícia Militar (PM), Eduardo Henrique Nunes Monteiro, 22 anos, foi até a praça para se encontrar com a mãe e a sogra. A intenção era entregar um dinheiro para ajudar a companheira, que está presa no Presidio de São Joaquim de Bicas. Quando esperava junto com a mãe, ele foi surpreendido por um criminoso.

Testemunhas contaram que o suspeito estava em uma moto. O veículo parou no cruzamento das avenidas Brasil e Francisco Sales, quando o garupa desceu e foi até Eduardo. O homem sacou uma pistola 9 milímetros e fez ao menos dez disparos. Os tiros atingiram na cabeça e o tórax da vítima, que morreu na hora.

A vítima foi atingida por pelo menos nove tiros (Marcelo Oliveira/EM/D.A.Press)
A vítima foi atingida por pelo menos nove tiros
Depois dos tiros, o suspeito voltou para a moto e fugiu em direção ao Bairro Serra. Testemunhas informaram que houve correria no local, que estava cheio no momento do assassinato.

De acordo com a delegada Juliane Emiko, da Delegacia de Homicídios, a vítima já tem passagens pela polícia. Eduardo era morador da Favela do Pau Comeu, que está localizada no Aglomerado da Serra. Ele foi expulso da comunidade e hoje vivia no Bairro Granja de Freitas, na Região Leste de Belo Horizonte. A mulher dele foi presa há aproximadamente um mês com 118 pinos de cocaína. O dinheiro seria para ajudá-la nas despesas.

Os policiais fizeram buscas na região para tentar encontrar os suspeitos, porém ninguém foi localizado.
Tags:

Esta matéria tem: (10) comentários

Autor: Rodrigo Andrade
O Brasil é um país sem controle por causa do desleixo do povo que só pensa em futebol. | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
Quanto mais acertos de conta entre criminosos forem realizados, a sociedade do bem agradece...são menos criminosos entre nós... | Denuncie |

Autor: Paulo Machado
Apenas mais um acerto de contas entre bandidos (quem é expulso de uma favela não deve ser gente de bem, não é mesmo ?). Menos um bandido na face da terra. Já vai tarde ! | Denuncie |

Autor: Edilson Soares
Somente Deus pra nos proteger desses crimes em pleno dia e sem rumo, eles atiram e nem quer saber quem estar perto, os criminosos andam livres pra ruas em vez de estar na cadeia,que Brasil é esse que não tem lei, a pena pra crimes seja qual for ele teria de ser de 30 anos em regime fechado direto. | Denuncie |

Autor: geraldo silveira
enquanto bandido estiver matando bandido, ótimo, paz pra nós cidadãos de bem, agora quero ver direitos dos manos correrem atrás lá no cafezal, a isso eu quero ver, ir na delegacia encher o saco é fácil!!! | Denuncie |

Autor: ciro kraizfeld
Nota-se que cada vez mais as motos estao sendo usadas para dar fuga aos criminosos. Uma medida tera´que ser tomada, talvez proibindo o transporte de caronas, igual na Colombia. | Denuncie |

Autor: Bruno M.
Num país sério isso seria impensável! Um assassinato em plena luz do dia, no miolo da cidade, rodeado por dezenas de câmeras do olho vivo(ou morto?) e ninguém é pego??? Eta Brasil... | Denuncie |

Autor: André Luiz Souza
faroeste em BH, casa da mãe JOana, cidade sem estado, sem paz; esquecida, largada às traças; kd o estado? kd o dinheiro público investido na segurança pública? kd ??? | Denuncie |

Autor: Rodrigo Andrade
Matam à luz do dia, sem o menor consentimento. Isso significa que o policiamento naquele local, que é muito movimentado, está ruim. | Denuncie |

Autor: blade fox
ATÉ QUANDO MEU DEUS. ONTEM EU VI UMA ENTREVISTA COM O DEP. FED.JAIR BOLSONARO NÃO GOSTO DELE MAS OQUE ELE DISSE VAI DE ENCONTRO AO QUE A MAIORIA DOS BRASILEIROS PENSAM SE PUDEREM VER ESSA ENTREVISTA ESTA NAS REDES SOCIAIS. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.