14°/ 31°
Belo Horizonte,
02/SET/2014
  • (30) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Itamonte tem dia de pânico após tiroteio entre polícia e criminosos Pacata cidade do Sul de Minas tem 13 mil habitantes vive momentos de apreensão depois da morte de nove bandidos

Shirley Pacelli

Publicação: 23/02/2014 00:12 Atualização: 23/02/2014 07:38

Principal praça de Itamonte viveu cenários de guerra depois de tiroteio entre polícia e criminosos (Polícia Militar/Divulgação)
Principal praça de Itamonte viveu cenários de guerra depois de tiroteio entre polícia e criminosos

Os moradores de Itamonte, a pequena cidade no Sul de Minas palco do tiroteio entre policiais e ladrões de banco que culminou com a morte de nove criminosos, tão cedo não vão esquecer os momentos de tensão e medo que viveram na madrugada de ontem. A costureira Cecília Fernandes, de 58 anos, que mora a apenas 10 metros da Praça Padre Francisco Mira, um dos cenários da troca de tiros entre assaltantes e policiais, estava sozinha em casa na hora do confronto e ficou apavorada com o que aconteceu. Um dos bandidos em fuga pulou o muro vizinho e se escondeu no fundo do lote dela até ser encontrado e preso pela polícia. “Graças a Deus não tentou entrar aqui em casa. Teve gente me ligando hoje achando que eu tinha sido refém”, contou.

Veja fotos do confronto entre polícia e bandidos

Ela relata que um helicóptero ficou durante todo o dia rondando a cidade em busca de foragidos e que muitos policiais estavam nas ruas. “Aqui era uma cidade pacata. Depois do primeiro assalto, no fim do ano passado, escureceu eu fecho tudo. Tenho medo”, conta. Cecília se diz aliviada pelo fato de a polícia ter detido os assaltantes, já que na primeira ocorrência eles destruíram a agência e a população passou meses de sufoco usando um banco sem caixas eletrônicos. “Só tenho pena dos pais deles”, disse.

Uma funcionária de um comércio local, de 31, que preferiu não se identificar, disse que ouviu os tiros da sua casa, no Bairro Berta, próximo ao Centro da cidade. “Ficamos apavorados. Não sabíamos como agir. A única coisa que pude fazer foi ligar o computador e procurar por notícias do que estava acontecendo”, conta. Ela diz que conhecia um dos assaltantes, que trabalhava na cidade e que acabou morto no tiroteiro, e tem medo de outros conhecidos estarem envolvidos no esquema. “Itamonte era um município calmo. Há pouco tempo estouraram uma agência e agora teve isso de novo”, reclamou

O motoboy Norival Leite, de 36, que mora no Bairro Coqueiros, na saída de Itamonte, a três quilômetros da praça onde ocorreu o tiroteio, disse que acordou com os tiros e a movimentação policial. “Inicialmente pensei que se tratava de uma briga de rua, quando ouvi alguém gritando por socorro. Mas logo percebi que era algo maior. Os policiais atravessaram um caminhão na BR-354, perto de minha casa, para impedir a fuga dos criminosos. Foi uma madrugada agitada, não deu para dormir. Quando vi as viaturas perto de casa, corri para saber do que se tratava”, contou. Norival, que roda a cidade entregando água mineral, disse que ontem a movimentação na cidade parecia do período de carnaval. “As ruas foram tomadas de gente e só se ouvia falar sobre a ação da polícia. Muitos moradores queriam acompanhar de perto as buscas por mais bandidos.”

Lugar tranquilo

Com cerca de 13 mil habitantes, localizada no Sul de Minas, próxima às divisas com São Paulo e Rio de Janeiro, Itamonte é uma cidade tranquila, conhecida por fazer parte do Circuito das Águas, a poucos quilômetros das estâncias hidrominerais de São Lourenço e Caxambu. Uma rampa para prática de voo livre e parapente também atrai um bom número de visitantes à cidade.

Memória

Confrontos com o novo cangaço


O tiroteio na madrugada de ontem em Itamonte, no Sul de Minas, que resultou na morte de nove assaltantes, foi o confronto mais violento entre policiais e criminosos já registrado em Minas Gerais, mas há outros precedentes. Em 9 de janeiro de 2007, em São Gotardo, no Alto Paranaíba, o cabo da PM Wandeck Costa da Silva, de 32 anos, morreu em um tiroteio com ladrões que haviam assaltado duas agências bancárias na cidade.

O grupo de assaltantes, formado por pelo menos 15 homens fortemente armados, invadiu as agências do Banco do Brasil e do Itaú, fez pelo menos 20 reféns e trocou tiros com os militares. Além do cabo Wandeck, dois policiais foram feridos e conseguiram se recuperar. O bando fugiu depois de dominar os policiais e usar os militares como escudos humanos.

Dois dias antes, as cidades de Tiros e Brasilândia já haviam sido atacadas por grupos armados, mas nesses dois municípios não houve confronto entre ladrões e policiais. As operações para prender os autores dos assaltos foram em vão, apesar da mobilização de um grande efetivo da PM e da Polícia Civil.

Quase um mês depois, em 6 de fevereiro, usando tática muito semelhante, bandidos assaltaram agências bancárias em São Romão e Riachinho, no Norte de Minas, e foram perseguidos pela Polícia Militar por um mês, sem resultado. Durante a fuga, os criminosos sequestraram quatro moradores locais, que foram usados como reféns, e se esconderam na zona rural da região. A PM montou uma base de operações em Bonfinópolis, com cerca de 300 militares, mas não conseguiu capturar os assaltantes.

Para localizar e capturar os criminosos, a Polícia Civil montou a Operação Wandeck, nome em homenagem ao cabo morto em São Gotardo. Em novembro de 2007, os primeiros envolvidos nos ataques foram presos, mas a operação só foi encerrada em 2009, quando o líder do grupo, conhecido como João de Goiânia, foi preso.

A forma de atuação dos criminosos, sempre atacando em grupos numerosos, passou a ser chamada de "novo cangaço", numa referência direta aos bandos de cangaceiros que agiram no Nordeste do Brasil no fim do século 19 e nas primeiras décadas do século 20, atacando e saqueando as cidades da região.
Tags:

Esta matéria tem: (30) comentários

Autor: Amalia Maria de Oliveira
PARABÉNS POLICIAIS, OPERAÇÃO NOTA DEZ! ESPERO QUE EM BREVE SEJA OPERAÇÃO NOTA 1000! | Denuncie |

Autor: Amalia Maria de Oliveira
JÁ MANDARAM A CONTAPARA A FAMILIA DOS BANDIDOS DO VALOR DAS BALAS QUE FORAM GASTAS PARA PARA MATAR OS VAGABUNDOS? AFINAL DE CONTAS ESSE VALOR AINDA VEM PARA NÓS PAGARMOS. | Denuncie |

Autor: Helberth Visconde
Operações conjuntas como essa montada pelas polícias deveriam acontecer também para fiscalizar ônibus, taxi, veículos particulares, caminhões e etc... Não apenas quando há indicios de roubo a banco. Olhem também para a população que não tem seguro. Mas ainda assim, mereceram os parabéns. | Denuncie |

Autor: Tiago Gonçalves
Reporter do EM desinformado ou má-fé, pois a operação foi das policias civis de sp e mg. A pm chegou cerca de duas horas depois e nada fez além de sobrevoar a cidade de helicoptero para aparecer nas fotos. | Denuncie |

Autor: Jeyffers Domingues
Só para os leigos e desinformados de plantão. A operação foi arquitetada pela Polícia Civil de São Paulo em conjunto com a Polícia Civil de Minas. A PMMG chegou duas horas depois e não um tiro, só apareceu na TV. A PRF chegou uma hora depois para sinalizar a estrada. | Denuncie |

Autor: Joanes Duarte
Parabéns a ação das policias,provavelmente o sr Durval Angelo defensor dos bandidos vai aparecer para criticar. | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
Esse jornal pode até não divulgar o que escrevi mas, vou resumir: somos um povo medíocre e estamos passando o que estamos passando simplesmente e pura culpa nossa, o povo, porque só sabemos sambar, dançar funk, axé...taí o povinho que somos. ALGUMA DÚVIDA? | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
Chico Buarque, Gal Costa, Bethânia, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Geraldo Vandré ( se é assim que escreve o nome dele), Raul Seixas, os comunistas que queriam implantar aqui neste Haiti moderninho o social...enfim, TAÍ O BRASIL LIBERTO, DEMOCRÁTICO. | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
Eu avisava para meus amigos em 1989 que viveríamos num brasil insustentável devido o fim do regime que vivíamos. PRECISO ESCREVER MAIS? TAÍ O RESULTADO DA LIBERDADE QUE MUITOS QUISERAM E A DEMOCRACIA...DECANTADA POR CANTORES QUE LEVARAM A JUVENTUDE DESTA NAÇÃO, À MERDA QUE ELES SE ENCONTRAM HOJE EM . | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
VOU ESCREVER EM CAIXA ALTA PARA SER LIDA MELHOR E SER ENTENDIDA MELHOR: BASTA. VAMOS REAGIR. CRIMINOSOS TEM QUE TER UM FIM E O FIM, SERÁ COM A NOSSA REAÇÃO POPULAR. TEMOS QUE APOIAR OS MILITARES PORQUE ELES TAMBÉM TEM FAMILIARES E SÃO COMO A GENTE. PARABÉNS AOS QUE MATARAM OS TERRORISTAS... | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
Deixa eu entender: nenhum policial foi ferido? tudo bem? então: quantos criminosos mortos? nove? PARABÉNS POLICIAIS QUE CONSEGUIRAM TOMBAR ESSES INIMIGOS DO BRASIL. PARABÉNS MILITARES E É ASSIM QUE TEM QUE SER. A LEI É CLARA.Porque criminosos podem tirar nossas vidas e nós não podemos tirar a dele? | Denuncie |

Autor: sidney lima
A matéria não falou sobre quais entidades policiais participaram dessa empreitada, mas, meus parabéns a todos policiais envolvidos, sejam civis, militares, estaduais e federais! | Denuncie |

Autor: airton coelho
Parabéns as nossas polícias: PM e PC. Honraram o nome de Minas Gerais. | Denuncie |

Autor: Cads Silva
A ação foi desencadeada pela PC-SP e PC-MG, que contaram com o apoio da PMMG e PRF. Se alguém merece ser parabenizado, na verdade são TODOS aqueles que se arriscaram e lutaram bravamente neutralizando o inimigo. Aqui se faz, aqui se paga... | Denuncie |

Autor: Prime Time
Ufa, 9 a menos! | Denuncie |

Autor: sidney lima
GOSTARIA DE PARABENIZAR A PM DE MINAS POR ESSA AÇÃO, SEM DÚVIDA A MELHOR DO BRASIL! | Denuncie |

Autor: Anderson Portilho
Mataram só 9 bandidos..Já é um bom começo...VIVA A POLICIA !! | Denuncie |

Autor: valmir marques
no nordeste, ao contrario do que se pensa o cangaço nunca acabou...mais ao contrario dos anos 20 e 30 agora invadiu todo o país..no Norte, Amazônia e recantos mais isolados tem seitas pagãs fazendo sacrifício humano em seus rituais como na pré historia...quase todo dia se lê sobre isso...progresso | Denuncie |

Autor: Meirelles Sr.
A partir de segunda-feira com certeza irão aparecer os palhaços dos direitos humanos e algum promotor público de merda condenando a ação. Só peço uma coisa ao EM: monitorem e façam um comparativo de explosões de caixas antes e depois da ação. Tenho absoluta certeza que irão diminuir e muito!!! | Denuncie |

Autor: Luiz Carlos
PARABENS a Polícia, fizeram um bom trabalho, a pena fica pelo fato de nao ter sido os 15, mas tá de bom tamanho, menos 9 pra aterrorizar o cidadao de bem. Tinha que pegar os outros 6 e colocar no paredao, porque esse tipo de bandido nao vale nem a pena prender. | Denuncie |

Autor: FREDERICO MOTA
Excelente ! Muito bom ! Só que precisam melhorar a pontaria, pois tinham 22 bandidos e só mataram 9. Quem vem de outro estado pra roubar aqui tem que ser recebido desta forma. Já basta ter que lutar contra os vagabundos de Minas Gerais. | Denuncie |

Autor: Ricardo silva
Bandido bom,é esticado no chão. | Denuncie |

Autor: domicio junior
Bandido tem que aprender vem assaltar aqui volta com paletó de Madeira. | Denuncie |

Autor: Claudio Azevedo
PARABÉNS PM. CONTINUEM ASSIM. FOGO NESSA BANDIDAGEM. | Denuncie |

Autor: marcelo abelardo figueiredo
Que maravilha, são menos nove vagabundos para darem despesas ao estado, infelizmente não foram os quinze. A polícia agiu com presteza e inteligência, esses canalhas quando se propõe a esse tipo de ação não estão preocupados se vão ou não assassinar quem quer que seja. Sou totalmente favorável a pena | Denuncie |

Autor: Nilson Gonçalves
Se a cada tentativa de assalto as polícias agissem assim, ficaríamos livres desses vagabundos rapidinho. Não deve ser dada moleza para esses bandidos, eles vêm dispostos a tudo, então devem ser tratados da mesma forma. | Denuncie |

Autor: PAULO FARIA
Parabéns a PMMG belo belo feito. Matar nove bandidos foi uma vitória esmagadora!! Coisa linda de ver. Parabéns ao JORNAL EM, por veicular fotos dos cadáveres dos bandidos. | Denuncie |

Autor: carlos mundim
Parabens P Militar e P Civil. | Denuncie |

Autor: carlos mundim
Esta e a funcao da Policia, proteger o cidadao. Se nao fizer a populacao vai fazer. Parabens PM e P Civil. | Denuncie |

Autor: Filipe Costa
Parabéns as Policias pela ação de inteligencia e força. O Brasil só vai acabar com a bandidagem se agir desta maneira. Este negócio de Direitos Humanos deve servir apenas para cidadãos de bem. Não se combate violência com flores e medidas hipócritas de quem nunca sofreu na mão de marginais. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.