/ 22°
Belo Horizonte,
01/AGO/2014
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Pedras soltas tornam caminhada impossível em calçada da região hospitalar

Alessandra Mello

Publicação: 15/07/2013 00:12 Atualização: 15/07/2013 07:29

 

 (Alessandra Mello/EM/D. A Press )
Uma armadilha em plena região hospitalar de Belo Horizonte. Assim pode ser definido o estado da calçada da Alameda Álvaro Celso, em frente ao Pronto-Socorro do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg). Ao longo de boa parte do quarteirão, os tijolos que revestem o passeio estão soltos. É praticamente impossível andar por ele sem tropeçar. Por isso, a maioria dos pedestres prefere andar no meio da rua, disputando espaço com os carros.

 

Tags:

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Lucas Salles
esse tipo de calçada e as famigeradas pedras portuguesas servem apenas para fazer a economia girar. precisa de muita de manutenção !! felizmente aqui no meu bairro as pessoas já perceberam e as estão banindo! | Denuncie |

Autor: Ricardo Girão
Se você conseguir sair vivo do Ipsemg, morrer tropeçando na calçada é de maior dignidade. Mais fácil cair das macas nos corredores. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.