17°/ 30°
Belo Horizonte,
31/OUT/2014
  • (9) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Presa garota de programa envolvida em assalto e morte de engenheiro na BR-381 Segundo a polícia, a mulher ajudou o assaltante que matou o rapaz a fugir para São Paulo

Daniel Silveira

Publicação: 17/04/2013 21:09 Atualização: 17/04/2013 21:22

Samantha seria a peça final para a polícia concluir o inquérito (Polícia Civil/Divulgação)
Samantha seria a peça final para a polícia concluir o inquérito


Está presa no Presídio de Três Corações, no Sul de Minas, uma garota de programa envolvida na morte do engenheiro químico João Gabriel Camargos, de 25 anos, baleado dentro de um ônibus na BR-381 no último mês. De acordo com a polícia, Samantha Tuany de Castro, de 26 anos, é co-autora no crime, uma vez que ajudou Fernando Oliveira Miguel, 33 anos, autor do assalto, a fugir para São Paulo. O acusado foi preso no Paraná, depois de cometer outro assalto a ônibus, e deve ser transferido para Minas Gerais ainda nesta semana.

De acordo com o delegado adjunto da Delegacia Regional de Lavras, Ailton Pereira, responsável pelo inquérito que investiga a morte de João, Samantha foi presa três dias depois de Fernando ser capturado no Paraná. “Ele declarou ao delegado de lá que a amante ajudou ele a fugir depois que ele contou ter matado o rapaz”, conta.

Fernando é suspeito de cometer inúmeros assaltos a ônibus nas estradas do país (Polícia Civil/Divulgação)
Fernando é suspeito de cometer inúmeros assaltos a ônibus nas estradas do país
A jovem mora em Divinópolis e foi detida na casa da mãe na última sexta-feira. “Ela confessou tudo. Disse que ele (Fernando) ligou para ela contando que matou o jovem no assalto. Ela foi até Oliveira buscá-lo e depois seguiu com ele em um táxi até São Paulo. Depois voltou sozinha”, relata o delegado. O investigador ficou surpreso quando Samantha afirmou ter visto Fernando contar R$ 12 mil em dinheiro, dizendo que foi fruto do assalto que terminou na morte de João Gabriel. “Deve ser dinheiro de outros assaltos”, ponderou.

Samantha confessou ao delegado que já atuou em dois assaltos com Fernando, mas garantiu que ele sempre agia sozinho. “Ela falou também que ele sempre depositava dinheiro na conta dela, às vezes três mil, cinco mil, sete mil, para que ela não se envolvesse com outros homens. Disse ainda que tem medo dele e que só o ajudou porque era pressionada”, destaca o delegado.

Sangue frio

João Gabriel teve a vida interrompida quando voltava de uma viagem com a namorada (Reprodução/Facebook)
João Gabriel teve a vida interrompida quando voltava de uma viagem com a namorada
João Gabriel foi morto com um tiro disparado a queima-roupa dentro do ônibus em que viajava com a namorada na madrugada de 9 de março, um sábado. O casal voltava para Belo Horizonte depois de uma estadia em Poços de Caldas, onde comemoraram o aniversário da jovem. Testemunhas afirmaram que o engenheiro sequer reagiu ao assalto, anunciado por Fernando por volta das 2h. João morreu no colo da namorada, Athena Chaves, porque o assaltante proibiu o motorista de parar o coletivo para que o rapaz fosse socorrido.

Série de assaltos

Fernando foi preso na semana passada, no interior do Paraná, depois de assaltar um ônibus que fazia a linha Campinas-Curitiba. A PM da cidade recebeu denúncias com características de Fernando repassadas pelas vítimas do crime. Ele foi encontrado em um hotel da cidade, portando documentos falsos.

O criminoso é foragido da Penitenciária de Sorocaba (SP), onde cumpria pena de mais de 30 anos por homicídio. Ele também tem ficha criminal em Goiás, porte de arma e receptação e no Rio de Janeiro, onde assaltou um capitão da marinha dentro de um ônibus. A polícia acredita que ele tenha envolvimento em diversos assaltos a ônibus de viagem.

Esta matéria tem: (9) comentários

Autor: Nina BH BH
É bom saber que a "justiça" ainda não colocou esse caso na gaveta, a familia desse jovem merece que a justiça seja feita (como em muitos outros casos) ainda existe na polícia gente do bem querendo trabalhar. Que a justiça seja feita. | Denuncie |

Autor: Nina BH BH
Estudar e trabalhar ela não quer né? Agora paga de santinha e diz ter medo dele. Me diga com quem andas e eu te direi quem tú es. Mulher que anda com bandido, bandida é. Merecer apodrecer na cadeia. Abrir as pernas por R$ é fácil, agora pegar uma faxina ou trouxa de roupa pra lavar ninguém quer.... | Denuncie |

Autor: Alziro Ribeiro da Silva
Se ele já havia sido preso e solto alguns dias antes com certeza a culpa maior é das autoridades e das leis ultrapassadas que existe no País. Está na hora de nos exigirmos mudanças nas leis, não acham ? | Denuncie |

Autor: alisson machado
se a pena de morte vigorasse no país, não teríamos tantas barbaries, neste caso para ele seria pena de morte certa!entrou p roubar e tirou a vida de um ser humano como se tira a de uma barata!pena de morte p ele!!!redução da maioridade penal p os 14anos!!!já!!!! | Denuncie |

Autor: demonya kham
Tadinho , o diireito humano requalifica individuos assim para a sociedade assim e esse orgão infeciente, abre uma 12 no pescoço desse verme ai , o melhor remedio , manda pro colo de satã, isso ai não tem volta, o caminho e pro fogo, acaba de torra isso no pneu ! a cumplice da sianureto pra ela tomar. | Denuncie |

Autor: rafael roza
Em crimes hediondos sou completamente a favor da PENA DE MORTE! Quem concorda ? eu pago a bala. | Denuncie |

Autor: JOSÉ SILVA SOBRINHO
Agora quer pagar de santinha e dizer que tem medo, que foi pressionada. Dois vagabundos que merecem bons anos de cadeia. A cara desse verme revela bem o que ele é. | Denuncie |

Autor: Maria Christina
De táxi até SP? Poxa a corrida deve ter ficado cara pra caramba. Bando de safados. Pena de morte para eles. Acho que este dindin todo tbm deve ser de drogas e não só de assaltos. É muito dindin para 2 merdas. Olha a cara da prostitutazinha safada e a dele pior. | Denuncie |

Autor: alexandre Sousa
P recisamente U ma T errivel A mante | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.