15°/ 28°
Belo Horizonte,
21/NOV/2014
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Suspeito de cinco mortes e envolvimento com o tráfico de drogas em Contagem é preso Wesley Aguiar Souza, de 22 anos, chefiava o tráfico no Distrito Industrial de Contagem e liderava uma quadrilha que atuava na Região do Barreiro, segundo a polícia

Cristiane Silva

Andréa Silva - Aqui

Publicação: 14/03/2013 11:36 Atualização:

Wesley foi preso no último dia 2. Com ele foi apreendida uma pistola ponto 40 de uso restrito (Euler Júnior/EM/DA Press)
Wesley foi preso no último dia 2. Com ele foi apreendida uma pistola ponto 40 de uso restrito


A Polícia Civil prendeu um jovem de 22 anos suspeito de cinco assassinatos e apontado como chefe do tráfico de drogas no Distrito Industrial de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ele também é apontado como líder de uma quadrilha que atua na cidade e na capital mineira.

Wesley Aguiar Souza, conhecido como Bastianinho, foi apresentado pela polícia nesta quinta-feira. De acordo com as investigações, muito violento, ele seria o autor de outros três assassinatos e também se envolveu em roubos de cargas e veículos. Wesley foi detido no último dia 2 em cumprimento de cinco mandados de prisão, sendo três preventivas e duas temporárias pelos homicídios. Na ocasião, ele estava dormindo com a namorada. Com ele foi apreendida uma pistola ponto 40 de uso restrito. Conforme a Polícia Civil, ele atuava em alguns bairros da Região do Barreiro, entre eles o Lindéia, Vila Joana D'arc, Regina e Átila de Paiva, além do Bairro das Indústrias, em Contagem.

Os homicídios cometidos por ele teriam relação com a disputa de pontos de venda do tráfico de drogas. Os inquéritos datam de 2010 e os mandados foram expedidos em julho de 2012. Ao saber disso, Wesley passou a se refugiar na cidade de Juatuba, mas visitava os bairros controlados por ele diariamente para demonstrar poder e, à noite, voltava para o município.

No ano passado, ele chegou a trocar tiros com a Polícia Militar ao ser seguido. Ele estava acompanhado de um homem identificado como Fábio Poliano Souza Marques, de 23 anos, suspeito de roubo de carga que foi preso em setembro do ano passado. Os principais alvos de Wesley eram veículos com cigarros, eletrodomésticos e bebidas. Com a venda dos produtos, ele financiava o tráfico, compras de armas e, com o que restava, promovia festas.

Segundo o delegado Hugo Arruda, o suspeito é de classe média e o pai dele, dono de um supermercado, teve que fugir da região quando o filho passou a se envolver com o crime, ainda em 2006, quando era menor de idade. Para o policial, a prisão de Wesley desarticulou uma das maiores quadrilhas que atuava na Região do Barreiro.
Tags: celular

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: jus ticeiro
Algum já viu um lixo humano? Olha ele ai em cima de roupa vermelha... | Denuncie |

Autor: jorge aparecido dutra
Esses "titulos" como chefe do tráfico de drogas... líder de uma quadrilha... deveriam ser suprimidos da matéria, pois enaltecem quem não vale nada, pés-de-chinelo sem nenhum valor que acabam SE ACHANDO perante seus similares e virando ídolos das infelizes criancinhas. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.