Detento é morto a golpes de faca artesanal dentro de cela em presídio de Ribeirão das Neves

Quando os agentes chegaram à cela, o homem já estava morto. Ele sofreu cerca de 40 perfurações pelo corpo. O caso será investigado pela Polícia Civil.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 26/02/2013 07:40 / atualizado em 26/02/2013 10:16

Cristiane Silva

Um detento de 23 anos foi morto no fim da noite de segunda-feira dentro de uma cela da Penitenciária José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte. O local fica na MG-06, no Bairro Fazenda das Lages.

Agentes penitenciários encontraram o corpo de Jorge Davison Teixeira Reis por volta das 23h30. Ele foi morto com cerca de 40 golpes de chuço, uma faca artesanal, feita com uma barra de ferro retirada da grade.

De acordo com a Polícia Militar (PM), um dos presos assumiu a autoria do crime. Ele tinha uma marca de mordida no braço. Outros dois detentos apresentavam marcas de sangue e escoriações pelo corpo, o que indica que pode ter acontecido uma briga antes do assassinato. Além da faca, um lençol que teria sido usado para imobilizar Jorge também foi apreendido. Todos os detentos da cela foram citados na ocorrência e devem ser ouvidos.

Em nota, a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) informou que o preso que confessou o assassinato foi encaminhado à Polícia Civil para responder criminalmente por homicídio. A penitenciária também vai instaurar um procedimento interno para apurar as circunstâncias do crime. Jorge Davison cumpria pena por tráfico de drogas e tinha uma condenação por roubo à mão armada.
Tags: