17°/ 30°
Belo Horizonte,
31/OUT/2014
  • (20) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Integrantes da Comunidade Dandara chegam ao Centro de BH Eles seguem da área onde vivem no Bairro Céu Azul, Região da Pampulha, até o Centro da capital para acompanhar uma audiência sobre a desapropriação do terreno que ocupam

Luana Cruz

Publicação: 19/02/2013 12:34 Atualização: 19/02/2013 12:39

 (Paulo Filgueiras/EM DA Press)

Integrantes da Comunidade Dandara que saíram em passeata na manhã desta terça-feira chegaram ao Centro de Belo Horizonte no início da tarde. Eles vão acompanhar uma audiência, no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, na Rua Goiás, sobre a desapropriação do terreno que ocupam. A área fica no Bairro Bairro Céu Azul, Região da Pampulha é ocupada por quase mil familias há cerca de quatro anos.

A passeata começou por volta de 4h. O grupo passou pela Avenida Portugal, Avenida Presidente Antônio Carlos e fez uma parada na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Depois seguiram para o Centro, também pela Antônio Carlos até a chegada no Complexo da Lagoinha. Eles passaram pela Avenida Afonso Pena e vão esperar a sessão na porta do TJMG. Durante toda a caminhada eles ocuparam apenas um faixa da avenida sem impedir o trânsito de veículo, mas deixando lento alguns trechos.

O TJMG vai julgar um recurso da construtora, dona do terreno, contra a decisão do juiz de 1º grau que revogou a liminar de reintegração de posse contra a Comunidade Dandara. Caso a 1ª Câmara Cível do TJMG acolha o recurso da empresa na sessão de julgamento, voltará a valer a ordem de desalojamento de quase 1000famílias que ocupam o terreno há cerca de quatro anos.

Tags: celular

Esta matéria tem: (20) comentários

Autor: domicio junior
O direito deles termina quando começa o meu,eles tem o direito de protestar mas não de atrapalhar todo o transito da cidade. | Denuncie |

Autor: Marcio Correa Filho
É isso ae é assim que se resolve, invade propriedade privada ROUBA terreno que não é teu e agora faz passeata dizendo que tem direito a alguma coisa... BRASIL ONDE O CRIME COMPENSA!!!! | Denuncie |

Autor: Frederico Alexandre
Alencar deve estar sentado dentro de um belo apartamento paa dar essa opinião tão egoísta | Denuncie |

Autor: JOSÉ HILTON SANTOS
Oferece uma vaga de emprego para eles nas obras do BRT e vamos ver quantos vão se apresentas as 4hs. Vivemos numa sociedade de direitos, quer ter moradia trabalha e compra!! | Denuncie |

Autor: Ricardo Moreira
Pararam na UFMG para que os alunozinhos de sociais, que na sua grande maioria se escondem atrás das mansões dos papais se juntarem ao grupo. É uma vergonha! Que se mudem para a região e sintam na pela o impacto que uma invasão dessa causa. | Denuncie |

Autor: Nina BH BH
É um absurdo! Ele hj atrapalharam a vida de muitos trabalhadores, só para conseguir sair de um trecho da Av. Portugal hj eu gastei 50 min de onibus. Ter moradia invadindo terreno alheio é fácil. Poe para trabalhar para ver se eles querem. É vergonhoso. Coisas do PT mesmo. | Denuncie |

Autor: Júlio César de Mendonça Júnior
Para o dono da construtora só digo uma coisa. "É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus." (Mateus 19:24). | Denuncie |

Autor: Cristiano Gomes
O problema é que essas pessoas desde o início já agem de má fé, sabem que o terreno é de alguém, esses movimentos de tomem a terra dos outros é muito bom para os vagabundos, ralei muito tempo para adquirir meu ap, não tomei ele de ninguém. tem que correr com todos de lá! roubar é fácil. | Denuncie |

Autor: Ari Ferreira
Concordo com o Alencar, dono é quem compra, querem moradia? Comprem então, tbm quero, mas estou batalhando pra ter a minha. | Denuncie |

Autor: Nathan
Contra a violência policial acima da pesada violência social pelo histórico deficit habitacional em nosso país. | Denuncie |

Autor: marcelo araujo
Bando de desocupados. Quer moradia? Vai trabalhar e comprar, invadindo é mais fácil né? | Denuncie |

Autor: Celia Alves Barbosa
Esse povo só quer fazer bagunça. Trabalhar para adquirir as coisas da maneira correta eles não querem né. Tem que tirar esse povo dali sim. E devolver o terreno para a construtora | Denuncie |

Autor: Wallace Vidigal
Alencar falou certo. | Denuncie |

Autor: Samuel Sousa
Aí está o exemplo da geração do bolsa alguma-coisa do governo, sem emprego e sem estudo agora querem mamar terreno e casa nas costas do estado.Vão trabalhar!!! | Denuncie |

Autor: watchtowerbrasil watchtowerbrasil
O governo e o judiciário acabam lavando as mãos por um problema do estado. Se o terreno tem dono, a invasão é crime e deveria ser punida exemplarmente. Que justiça é essa em nosso país????? | Denuncie |

Autor: watchtowerbrasil watchtowerbrasil
Se formos olhar por essa ótica todo cidadão então deve reclamar seu pedaço de terra adquirido por merecimento ou não. Existem nesses movimentos profissionais que buscam apenas o enriquecimento ilícito, cujo pano de fundo é a favelização do terreno. | Denuncie |

Autor: watchtowerbrasil watchtowerbrasil
Independente de qualquer coisa, essas pessoas invadiram e se apropriaram do que não é delas. Existem inclusive pessoas que comercializam lotes no Dandara. Se existe justiça esse pessoal tem que sair e cobrar do estado e não de pessoas privadas proprietárias do terreno. | Denuncie |

Autor: Diego NL
Sempre haverá alguém que dirá aqui neste e outros espaços mensagens de pena e de protesto contra opinião contrária. Entretanto, porque a grande maioria de nós pode trabalhar honestamente para conseguir as coisas e outros sempre querem só ganhar? | Denuncie |

Autor: Diego NL
Entendo a situação das pessoas mas a construtora comprou e pagou pelo terreno. Por que em vez de invadir o representante dos moradores não propõe a compra do local? Hoje em dia há vários incentivos e linhas de crédito. Não se pode tentar ganhar as coisas no grito desta forma. | Denuncie |

Autor: Alencar Vieira
Quem tem que resolver problema de moradia é o governo, e não esses desocupados invadirem propriedade alheia. A construtora é dona do imóvel, pagou por ele e tem o DIREITO de tê-lo de volta. Policia nesse povo que só quer as coisas de graça. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.