Acidente entre ônibus e caminhão deixa dois feridos na BR-135, em Curvelo

Coletivo levava 45 passageiros do interior da Bahia para São Paulo quando bateu na traseiro do veículo que transportava encomendas dos Correios

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 09/12/2012 10:05

Daniel Silveira

Um acidente entre um ônibus de viagem e um caminhão por pouco não terminou em tragédia na manhã deste domingo na BR-135, próximo a Curvelo, Região Central de Minas Gerais. O coletivo, que saiu da Bahia com destino a São Paulo transportando 45 passageiros bateu na traseira do veículo de carga, que estava parado no acostamento com problemas mecânicos. Apenas duas pessoas ficaram feridas, nenhuma delas em estado grave.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu por volta das 7h na altura do km 615 da rodovia. O caminhão, pertencente aos Correios, estava estacionado no acostamento da rodovia quando o ônibus bateu na traseira dele. Com o impacto da batida o veículo de carga ficou atravessado nas duas pistas, interditando o tráfego de veículos no trecho.

Segundo os Bombeiros, o motorista do caminhão não estava dentro do veículo na hora da batida, pois havia saído em busca de auxílio para solucionar a falha mecânica que o impedia de seguir viagem.

O ônibus, que saiu de Itabuna, no interior baiano, com destino à capital paulista bateu a lateral direita no caminhão. O motorista do coletivo escapou ileso. Já dois dos 45 passageiros, um idoso de 67 anos e uma mulher de aproximadamente 50 anos, ficaram feridos. De acordo com o Corpo de Bombeiros eles sofreram contusões e escoriações leves e foram socorridos no Pronto-Atendimento Municipal de Curvelo.

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram até o local do acidente para garantir a integridade da carga de Sedex, transportada pelo caminhão, e para monitorar o fluxo de veículos que ficou parcialmente obstruído no trecho por mais de duas horas.As circunstâncias da batida não foram esclarecidas.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.