Preso um dos suspeitos de assassinar adolescente durante assalto em Uberlândia

A políca também identificou um outro homem que participou do crime. Os dois bandidos eram procurados por fugir da penitenciária da cidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 27/10/2012 10:12 / atualizado em 27/10/2012 14:03

João Henrique do Vale

Reprodução Facebook

Já está no presídio de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, um dos suspeitos de participar do assalto que terminou na morte da adolescente Bárbara Guimarães Lopes, de 11 anos. O homem foi preso nessa sexta-feira em uma casa no Bairro Saraiva e confessou o crime. O outro suspeito, que seria o autor do disparo que matou a garota, já foi identificado.

A polícia chegou até o suspeito depois de colher informações no local do acidente. “Fomos checando informações de possível autoria e percebemos que eles estavam na região e moravam no bairro onde o veículo da vítima foi abandonado”, disse o delegado Matheus Ponsancini. Em posse de um mandado de prisão, os policiais foram até a casa do suspeito e o prenderam.

O homem, identificado como Fábio Olímpio Gonçalves, de 30 anos, não reagiu a prisão e confessou o crime. “Ele afirma que junto com o comparsa foram para o local para roubar, mas diz que o tiro foi acidental. Eu não acredito nessa hipótese, pois todos falam a mesma coisa”, explica o delegado. O comparsa de Fábio também foi identificado, trata-se de Alexandre Elias Ribeiro, vulgo Bin Laden.

“Os dois já eram procurados pela Justiça. Eles tiveram o benefício da saída temporária da prisão e não retornaram”, afirma o delegado. Um pedido de prisão preventiva já foi expedido contra os suspeitos.

Polícia Civil/Divulgação
O crime aconteceu na tarde de quinta-feira na esquina entre a Avenida César Finotti e Rua Saturnino Pedro dos Santos. A mãe da adolescente foi abordada por um assaltante quando havia estacionado o carro na porta de um comércio. O bandido a abordou e ela correu para dentro do estabelecimento. Câmeras de segurança flagraram quando o suspeito pegou a mulher pelos cabelos e a levou até a rua.

Quando já estavam na via, a mulher foi obrigada a entregar a chave do veículo, mas pediu para que Bárbara fosse deixada para trás. Neste momento, a adolescente tentou descer do carro e foi atingida no peito por um tiro. Os suspeitos fugiram com o automóvel deixando as vítimas no local. O carro foi abandonado em outro bairro da cidade horas depois.

Nesta sexta-feira, parentes e amigos lotaram o cemitério Campo do Bom Pastor para se despedir da adolescente. Os colegas de turma, bastante emocionados, deram o último adeus para a garota. O pai da menina, Sérgio Lopes, disse a familiares e amigos que é difícil aceitar a perda e lembrou que Bárbara era inteligente e amorosa. A mãe dela precisou ser amparada por familiares e chegou a ser medicada.