Supostos assaltantes são mortos por policiais em Contagem

No Bairro Novo Riacho, um policial civil matou a tiros um homem que tentou roubá-lo. Já no Jardim das Oliveiras, uma troca de tiros entrePMs e assaltantes terminou com uma pedestre baleada, um suspeito morto e outro ferido

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 10/10/2012 22:38 / atualizado em 10/10/2012 22:48

Daniel Silveira , Landercy Hemerson

A noite desta quarta-feira foi marcada por perseguição policial e morte em Contagem, na Grande BH. Dois supostos assaltantes foram mortos e outro ficou gravemente ferido em confronto com policiais. Uma mulher, que caminhava por uma avenida da cidade, também ficou ferida ao ser atingida por um bala durante troca de tiros.

De acordo com a Polícia Militar, no começo da noite três homens roubaram um carro no Bairro Água Branca. A PM foi acionada e houve perseguição, durante a qual policiais e suspeitos trocaram tiros, inclusive na principal avenida do Bairro. Uma mulher, cuja identidade não foi informada pela PM, foi atingida por um tiro durante a ação. Dois dos suspeitos também foram baleados, enquanto o terceiro conseguiu fugir.

Os dois assaltantes baleados foram levados pela PM até o Hospital Municipal de Contagem, assim como a mulher. Um dos suspeitos morreu logo após dar entrada na unidade médica e o outro, segundo a PM, estava em estado grave e corria risco de morrer. A identidade dos dois homens também não foi informada.

Segundo a PM, o tiro que atingiu a mulher foi disparado pelos assaltantes em fuga. No entanto, um inquérito policial deverá ser aberto para apurar todo o caso. Ainda segundo a PM, a mulher estava consciente quando socorrida e não corria risco de morrer.

Já no Bairro Novo Riacho, próximo ao Campus da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), um policial civil matou um homem que supostamente tentou assaltá-lo. Ele morreu no local, antes da chegada de socorro médico.

Segundo a PM, o policial, que seria aluno da PUC, foi abordado pelo homem que tentou lhe roubar próximo à portaria da universidade, na Rua Rio Comprido. O policial reagiu à tentativa de assalto, sacou uma arma e baleou o homem.

A PM não informou detalhes sobre o caso, que por envolver um policial civil será registrado pela próprio corporação a qual pertence. A reportagem tentou contato com a assessoria da Polícia Civil para obter mais informações sobre o caso, mas as ligações não foram atendidas.