18°/ 23°
Belo Horizonte,
26/OUT/2014
  • (12) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Menor de 15 anos muda versão de estupro e assume sexo consensual com quatro rapazes Um vídeo com as cenas da relação sexual entre o grupo circulou pela internet. Mesmo sem o estupro, os rapazes vão responder criminalmente pela divulgação das imagens e por corrupção e menores
  • Notícia
  • Vídeo

Luana Cruz

Andréa Silva -

Publicação: 01/10/2012 12:12 Atualização: 01/10/2012 13:11

Uma adolescente de 15 anos, que procurou a polícia na última quarta-feira dizendo ter sido dopada e estuprada por quatros rapazes, assumiu para a delegada Bianca Landau Braile que o sexo foi consensual. Um vídeo com as cenas da relação sexual entre o grupo circulou pela internet, motivo pelo qual a adolescente acionou a polícia. A delegada estava desconfiada das alegações da estudante e iniciou uma investigação. Bianca Landau ouviu os envolvidos na última sexta-feira e recolheu material nos computadores dos rapazes.

Na versão inicial, a jovem disse que conheceu um rapaz de 18 na porta da escola e após alguns contatos foi convencida a ir até a casa dele, no Bairro São Benedito, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A menor disse que os jovens deram bebida alcoólica e ela ficou inconsciente. Afirmou que não se lembrava do ocorrido na ocasião, mas tudo foi filmado. As imagens mostram a adolescente mantendo relação sexual com os quatro rapazes, sendo dois de 16 anos, um de 21 e o dono da casa de 18.

Três rapazes foram ouvidos na delegacia e apenas o dono da casa, onde o vídeo foi feito, não compareceu para depor. Eles afirmaram que o sexo foi consensual e negaram ter entorpecido a adolescente. No computador do jovem de 21 anos, a polícia encontrou outros vídeos dessa mesma menor fazendo sexo com esses rapazes, além de imagens de outras adolescentes envolvidas em atos sexuais com o grupo. A polícia vai identificar essas outras meninas para ouvi-las.

Quando a delegada Bianca Landau mostrou para e menor as outras filmagens em que ela aparecia, a estudante confessou o ato consensual. Ela disse que quis beber para ter coragem de transar com todos. Os envolvidos disseram que faziam as imagens com celular e baixavam para o computador desse jovem de 21 anos. Eles acusaram o rapaz de 18, ausente no depoimento, de divulgar o material na internet.

Todos os rapazes vão responder criminalmente pela divulgação do vídeo. A autuação é baseada no artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que prevê pena de quatro a oito anos para quem filma ou reproduz cenas de sexo explicito com crianças e adolescentes. Os maiores de idade também foram autuados por corrupção de menores, cuja pena pode variar de dois a quatro anos de prisão. A polícia ainda vai continuar investigando o caso para identificar outros nove jovens que aparecem em vídeos guardados no computador.

O caso alterou a rotina na escola onde a menina estuda em Santa Luzia. Veja reportagem da TV Alterosa:


Tags: celular

Esta matéria tem: (12) comentários

Autor: Geraldo
Na Inglaterra, acusação falsa dá cadeia (http://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2012/09/18/interna_internacional,318173/jovem-e-presa-por-acusar-rapazes-de-estupro-como-vinganca-depois-de-sexo-grupal.shtml). Aqui, infelizmente, parece que mentir é normal. | Denuncie |

Autor: maria ribeiro
carlos bertoline a autuação por "corrupção de menores" não foi pelo sexo e sim pela gravação/divulgação do vídeo (crime), onde os maiores usaram os menores de como "cúmplices". Quanto ao outro Carlos, que pena: desesperado em um mundo que está mudando e ele ficando pra trás. Chora nenê | Denuncie |

Autor: carlos bertoline
Correção: A Lei 12.015 alterou o Estatuto da Criança e do Adolescente-ECA, com o art. 244B - Corrupção de menor e não o Código Penal. E reitero que se a delegada autuou os agentes nesse crime pelo ato sexual consensual, ela errou feio. Sem comentários quanto a divulgação do vídeo. | Denuncie |

Autor: carlos bertoline
continuação: Sexo não é infração penal, logo não é ato que configure corrupção de menor. Corromper um menor é leva-lo a pratica de uma infração penal, ou seja, crime ou contravenção penal. Sexo consensual com menor de 18 e maior de 14, sem violência e sem pagamento (prostituição) não é crime. | Denuncie |

Autor: carlos bertoline
O crime de corrupção de menores previsto no Código Penal, alterada pela Lei 12.015 dispõe: "art.244B Corromper ou facilitar a corrupção de menor de 18 (dezoito) anos, com ele PRATICANDO INFRAÇÃO PENAL ou induzindo-o a praticá-la". Sexo não é infração penal, logo não | Denuncie |

Autor: carlos bertoline
Essa delegada precisa voltar ao banco da faculdade. Autuar os envolvidos maiores capitulando no crime de corrupção de menores é um tanto absurdo. Possivelmente até abuso de autoridade. Sexo consensual com menor de 18 e maior de 14 não é ato delituoso, pois o tipo penal de corrupção de menor é outro. | Denuncie |

Autor: THiago Lobato
Como que esses jornalistas conseguem esses videos.. vai entender.. | Denuncie |

Autor: Filipe Guerra
Pois é, galera, é por isso que eu sempre digo: pra não correr risco, na hora de casar, não dá pra vacilar...tem que ser à moda antiga. Essa história de mulher modera, liberal, só se for a do vizinho... | Denuncie |

Autor: Teo Fernandes
Que novidade!!! Adolescentes de periferia sendo estupradas? Só quem não conhece não sabe. | Denuncie |

Autor: O Pelano do Brasil
Não entendi nada do final do comentário deste Carlos Felipe. Acredito que uma breve revisão antes de enviar o comentário teria resolvido. | Denuncie |

Autor: Carlos Felipe Guimaraes
Fico pensando na família, especialmente nos pais. Vale o alerta: Srs pais, esqueçam esse falso discurso liberal e passem a educar seus filhos especialmente as filhas) como antigamente. E deixem a turma das feministas ge dos politicamente corretos ritarem, pois não passam de um bando de frustrados... | Denuncie |

Autor: Leonardo Loureiro
A pena por fimar ou divulgar as cenas é maior do que o própria ato de corrupção de menores?! Isto tem que mudar. A pena deveria ser aumentada para os dois atos! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.