Polícia investiga caso de queimaduras em bebê de 11 meses no Sul de Minas

Segundo a mãe da criança, o filho teria se queimado na creche onde frequenta, em Poços de Caldas. O menor estava com queimaduras em uma das pernas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 01/08/2012 17:01 / atualizado em 01/08/2012 19:50

Estado de Minas

TV Alterosa/Reprodução
A Polícia Civil de Poços de Caldas, no Sul de Minas, vai investigar o caso de um bebê de 11 meses que teve queimadura em uma das pernas. A criança está internada na Santa Casa de Misericórdia desde a tarde desta terça-feira. Conforme a Polícia Militar (PM), as versões dadas pela mãe do menor divergem da apresentada por uma funcionária do Centro de Educação Infantil (CEI), onde a criança fica durante o dia.

Ainda segundo a PM, Marcilene Aparecida Franco, mãe da criança, alegou ter deixado o filho pela manhã na escola sem nenhum ferimento. Por volta das 14h, uma funcionária percebeu a queimadura na perna quando foi dar banho no bebê. Ela disse que haviam diversas bolhas na perna do neném, que se estouraram após o banho.

A funcionária, identificada como Vanessa Mara Rangel, contou que repassou o caso para a diretora do local. Os empregados teriam tentado contato com Marcilene, porém, sem sucesso. No momento em que a tia da criança chegou ao berçário para levá-lo para casa, contou toda situação para mãe e levou o menor para uma policlínica. Devido à gravidade dos ferimentos, o bebê teve de ser transferido para a Santa Casa da cidade.

A PM informou que a mãe da criança disse não ser a primeira vez que o filho volta para casa com ferimentos. Familiares e funcionários foram ouvidos e liberados.

Ainda não há previsão de quando o bebê terá alta.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.