Quatro são detidos suspeitos de duplo homícidio em Rio Acima

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 17/07/2012 16:56 / atualizado em 17/07/2012 19:10

Estado de Minas

Foram apresentados nesta terça-feira, pela Polícia Civil, quatro suspeitos de terem participado de um duplo homicídio em Rio Acima, Região Central de Minas Gerias, no último dia 1º de julho. De acordo com a polícia, Douglas Hangell Gonçalves da Silva, 21 anos, um dos autores e uma das vítimas, identificada como Luan Fabiano Leal de Faria, de 20, eram líderes de gangues que disputavam pontos de tráfico de drogas na cidade. Uma mulher e um adolescente também foram detidos.

Ainda segundo a polícia, a mãe de Douglas, Claudinéia Auxiliadora Gonçalves Silva, 40 anos, ofereceu R$ 2,5 mil para quem matasse Luan. Um menor, identificado como N.A.A, de 17, e outro suspeito, Wilian Nunes Teôtonio, conhecido como Boca Preta, aceitaram a proposta da mulher e foram ao encontro da vítima em uma festa.

O adolescente, conhecido na região como Tatá, atingiu Luan na cabeça e no pescoço. O traficante morreu no local. O menor fugiu em direção ao Rio das Velhas, onde ficou escondido por quase uma semana. O outro suspeito, quando percebeu que um dos comparsas da vítima, identificado como Lucas Thiago Elias da Silva, 25 anos, se aproximava, atirou no pescoço do homem, que chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital.

Policiais encontram o quarteto na última sexta-feira. Douglas e o adolescente foram encontrados em uma borracharia. Já Willian foi preso em casa e Claudinéia, que estava em Belo Horizonte, foi detida no momento em que chegou a Rio Acima.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.