Polícia Civil apresenta um dos homens mais procurados de Minas Gerais

agner tinha quatro mandados de prisão em aberto e é suspeito de nove homicídios, ocorridos desde 2009.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 29/05/2012 17:18 / atualizado em 29/05/2012 17:26

Maíra Cabral , Thiago Lemos

Polícia Civil
A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu um criminoso que faz parte da lista dos mais procurados do estado. Fagner Marques Pereira, o Mifá, 21 anos, era procurado por homicídios e tráfico de drogas no Bairro Primeiro de Maio, no Norte de Belo Horizonte. A delegada Alessandra Alessandra Wilke disse que o suspeito era muito violento e fazia questão de ser o autor dos homicídios, além de se vangloriar pelas mortes.

Fagner tinha quatro mandados de prisão em aberto e é suspeito de nove homicídios, ocorridos desde 2009. Destes, cinco já foram confirmados e quatro ainda estão sendo investigados. Mifá é envolvido com o tráfico de drogas desde que era adolescente, disse a delegada.

Entre as vítimas do suspeito estaria uma mulher morta, por acaso, em janeiro de 2011. Em uma ação para intimar seus rivais, Fagner chegou atirando em um local público e matou a mulher que inicialmente não era seu alvo.

De acordo com a delegada, quando saiu a lista do Procura-se, em outubro de 2011, Fagner saiu da região onde atuava, no Bairro Primeiro de Maio, e passou a viver no Bairro Suzana, na mesma região. Com a mudança de localidade, ele foi perdendo poder no tráfico de drogas. Nos últimos dias ele estava voltando para retomar o tráfico no Primeiro de Maio e acabou sendo preso nessa segunda-feira, na casa da mãe dele.

Um dos comparsas de Fagner, Heverton Amaral Silva, o Chuck, 21 anos, foi preso nessa sexta-feira. Ele é suspeito do homicídio de Hamilton Pereira da Silva, ocorrido no Bairro Providência, em abril deste ano. Ele teria cometido o crime a mando de Fagner.

Procura-se

Fasgner Pereira é o 12º alvo a ser preso desde que o programa Procura-se, da Secretaria de Defesa Social (Seds), foi lançado em outubro de 2011.

O Procura-se consiste na afixação de cartazes pela cidade com fotos de foragidos da Justiça. O objetivo é prender criminosos e inibir a a circulação deles. O programa conta com a participação da sociedade por meio do Disque Denúncia 181. O projeto é da Seds em parceria com a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto Minas pela Paz.
Tags: